quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Salmão: primeiro animal transgénico para consumo em debate

Possível aprovação tem gerado polémica nos EUA
O primeiro animal geneticamente modificado para consumo humano enfrenta um futuro incerto, após a avaliação ambiental de uma equipa de assessores da FDA, a entidade norte-americana que regula os alimentos e fármacos.
Os membros da FDA têm dúvidas a respeito da segurança de utilizar salmão transgénico como produto na alimentação humana.
A entidade reguladora mostrou a sua preocupação relativa ao peixe de crescimento acelerado, criado pela empresa Aqua Bounty Technologies Inc, já que não existem dados suficientes para resolver dúvidas sobre os riscos potenciais do seu consumo.

Porém, parece haver não haver qualquer consenso dentro da organização. Enquanto uns mostram abertamente ter dúvidas, outros sustêm que não existem diferenças entre o salmão alterado geneticamente e o natural.

Salmão cresce duas vezes mais rápido

A empresa que criou o peixe modificado está a tentar ter a aprovação dos Estados Unidos para começar a comercialização do seu salmão, que contém um gene de outras espécies para crescer duas vezes mais rápido do que o normal.

Caso a FDA aprove a comercialização, o salmão da Aqua Bounty seria o primeiro animal geneticamente modificado para o consumo humano nos Estados Unidos.

Tanto alguns membros da FDA como da Aqua Bounty afirmaram que o peixe de crescimento rápido parece ter as mesmas características que o do Atlântico, garantindo que não existem ameaças para o meio ambiente nem para o consumo humano.

Outros especialistas lançam as suas dúvidas, como é o caso de James McKean, veterinário e professor da Universidade do Iowa: “Há questões para as quais não existem resposta com os dados apresentados”.

http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=45185&op=all

A ONU vai nomear Mazlan Othman embaixadora para os extraterrestres


 Verdade ou mentira?
Seu nome Mazlan Othman, e deverá ir a Londres esta semana para representar seu novo papel. Segundo o Telegraph, a astrofísica da Malásia deverá ser nomeada pela ONU porta-voz da humanidade em caso de inteligências extraterrestres entrarem em contacto connosco.
Interrogado pelo Telegraph, o professor Richard Crowther acredita que o primeiro contacto com uma civilização inteligente extraterrestre será através de ondas de rádio ou sinais de luz ao invés da chegada de seres extraterrestres à Terra.
Ele sugere ainda a ideia de que se fizermos contacto com extraterrestres, será com micróbios e não com seres inteligentes … 





Jornal divulga notícia falsa sobre embaixador para assuntos alienígenas

 O jornal inglês "The Sunday Times" noticiou a criação de um cargo nas Nações Unidas que seria ocupado por um negociador, ou embaixador, para assuntos alienígenas. A reportagem repercutiu em outras mídias como um vírus e se mostrou totalmente falsa.

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/805363-jornal-divulga-noticia-falsa-sobre-embaixador-para-assuntos-alienigenas.shtml

 

Câmara se queixa do 'Casseta & Planeta':

Pressionada  por deputados, a Procuradoria da Câmara vai  reclamar junto à Rede Globo pelas alusões  feitas no programa 'Casseta & Planeta'  exibido terça-feira passada. 
  
 Os parlamentares  reclamaram especialmente do quadro em que foram  chamados de ' deputados de 
programa '.
Nele, uma  prostituta fica indignada quando lhe perguntam  se ela é deputada! 
O quadro em que são vacinados  contra a ' febre afurtosa' também provocou  constrangimento.   
   Na noite de  quarta-feira, um grupo de deputados esteve na  Procuradoria da Câmara para assistir à fita  do programa. Segundo o procurador Ricardo Izar  (PMDB-SP), duas parlamentares choraram  (coitadinhas) . Izar se encontrará segunda-feira  com representantes da emissora, para tentar um  acordo, antes de recorrer à Justiça.   
  
 O presidente da  Câmara também se disse indignado: - O programa  passou dos limites. Eles têm talento suficiente  para fazer graça sem desqualificar a instituição  (que instituição?), que garante a liberdade para  que façam  graça. 
   O diretor da  Central Globo de Comunicação, Luís Erlanger,  disse que a rede só se pronuncia sobre  ações judiciais, depois de serem  efetivadas. 
    Os humoristas do  Casseta & Planeta não quiseram falar sobre o  assunto, 
   dizendo não querer  'dar importância à  concorrência' .
Segue agora a Nota de Esclarecimento enviada pelos Cassetas: 


   NOTA  DE  ESCLARECIMENTO: 


 'Foi  com surpresa que nós, integrantes do Grupo  CASSETA & PLANETA, tomamos conhecimento,  através da imprensa, da intenção do presidente  da Câmara dos Deputados de nos processar por  causa de uma piada veiculada em nosso programa  de televisão. Em vista disso, gostaríamos de  esclarecer alguns pontos: 
  
   1..  Em nenhum momento tivemos a intenção de  ofender  as  prostitutas . O  objetivo da piada era somente de comparar duas  categorias profissionais que aceitam dinheiro  para mudar de posição. 

   2..  Não vemos nenhum problema em ceder um espaço  para o direito de Resposta dos deputados. Pelo  contrário, consideramos o quadro muito adequado  e condizente com a linha do programa.   

   3..  Caso se decidam pelo direito de resposta,  informamos que nossas gravações ocorrem às  segundas-feiras, o que obrigará os deputados a '  interromper seu descanso  ..' 

   Equipe  do Casseta &  Planeta 
http://planetachamadoterra.blogspot.com/2010/09/cada-um-tem-o-casseta-e-o-planeta-que.html

QUAL A DIFERENÇA ENTRE VOTAR NULO E VOTAR EM BRANCO?

 O voto em branco ocorre quando o eleitor escolhe a opção “Branco” e confirma na urna eletrônica. 
Já o voto nulo é aquele que não corresponde a qualquer numeração de partido político ou candidato regularmente inscrito.
Tanto o voto nulo como o em branco não são considerados na soma dos votos válidos.



O ministro Marco Aurélio Mello declarou que voto nulo não anula eleição, mesmo que 50% dos votos sejam anulados pelo eleitor.
Marco Aurélio Mello disse que o que anula uma eleição são a fraude e o ilícito eleitorais.
O eleitor anula o voto e não a eleição. (http://www.camara.gov.br/internet/TVcamara)

Voto nulo não invalida eleição, diz Marco Aurélio


O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Marco Aurélio Mello, debelou de vez um mito que circula há meses na internet: o de que as eleições para deputados federais ou estaduais seriam anuladas no caso de mais da metade dos votos serem nulos. 

Segundo o ministro, não há lei que contenha essa determinação. 

A regra também inexiste na Constituição.

Marco Aurélio começa pela Constituição: "A Carta manda que o eleito para presidente tenha pelo menos 50% mais um dos votos válidos. Estão excluídos desse cálculo os brancos e os nulos. Mas se, por hipótese, 60% dos votos forem brancos ou nulos, o que não acredito que vá acontecer, os 40% de votos dados aos candidatos serão os válidos. Basta a um dos candidatos obter 20% mais um desses votos para estar eleito".

A Folha quis saber também do ministro se o Código Eleitoral (lei 4.737, de 1965) não respaldaria a tese de que 50% dos votos nulos resultariam na anulação da eleição. Marco Aurélio Mello respondeu de maneira taxativa: 

"Não". Na realidade, o que tem ocorrido nas correntes que circulam pela internet é uma leitura equivocada do Código Eleitoral e de algumas decisões antigas do TSE, que deixavam margem para dúvida. 

É que o artigo 224 diz o seguinte: "Se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do país nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais ou do município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias".





Brasil acompanha crise no Equador "com preocupação"


A crise política no Equador está sendo acompanhada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que considera a possibilidade de acionar a Unasul, o Mercosul e a Organização dos Estados Americanos (OEA) se necessário, disse nesta quinta-feira o assessor especial da Presidência, Marco Aurélio Garcia. "Vai haver, se for necessário, mobilização da Unasul (União de Nações Sul-Americanas), do Mercosul e da OEA, que já estão atentos ao assunto", disse Garcia.

De acordo com o presidente peruano, Alan García, os chanceleres sul-americanos viajarão ao Equador para mediar a crise. O Ministério das Relações Exteriores do Brasil informou em nota que o "ministro Celso Amorim tomou conhecimento, com preocupação, das manifestações no Equador".
Em contato telefônico com o chanceler do Equador, Ricardo Patiño, Amorim expressou total apoio e solidariedade do Brasil ao presidente equatoriano, Rafael Correa, e às instituições democráticas equatorianas, disse o Itamaraty.

A crise teve início após o presidente equatoriano ter afirmado que considera dissolver o Parlamento por conta de um impasse político com aliados. Além disso, policiais realizam protestos em todo o país, deixando o Equador sem segurança, e as Forças Armadas tomaram o principal aeroporto equatoriano.

OEA anuncia apoio à "institucionalidade democrática" do Equador

A Organização dos Estados Americanos (OEA) anunciou nesta tarde seu repúdio a “qualquer tentativa de alterar a institucionalidade democrática no Equador”, em resposta ao motim policial que fechou aeroportos e isolou o presidente nesta quinta-feira.

Após reunião extraordinária para discutir a crise política, os países representados na OEA aprovaram uma resolução afirmando que o organismo “defende decididamente o governo constitucional do presidente Rafael Correa da república do Equador em seu dever de preservar a ordem institucional e o estado de direito”.
O organismo também expressou “preocupação” com os atos de violência “contra a integridade e contra a autoridade” de Correa.

Sob rebelião policial, Quito fica sem transporte, internet e comércio


Enquanto informações desencontradas sobre a situação no Equador chegam a todo momento e as forças armadas tentam restaurar a ordem pública após a decretação do estado de emergência, pessoas que moram no Equador contam como está o clima nas ruas do país.

A publicitária Brenda Vega, que mora e trabalha em Quito, conversou com o Opera Mundi por telefone e contou que serviços, comércio e transportes públicos estão fora de operação.

"Há três tipos de transportes em Quito - trólei, metrovia e ônibus - e nenhum deles está circulando. Um carro da empresa vai me levar pra casa. Mas o hospital onde Correa está fica perto de onde eu moro e estou vendo como vou fazer para voltar, porque as ruas das redondezas estão bloqueadas".

Crise no Equador não é golpe, afirma jornalista


Apesar do presidente de o país, Rafael Correa, denunciar tentativa de golpe "por aqueles que não conseguem chegar ao poder pelas urnas" nesta quinta-feira (30), em Quito, o presidente da Associação Equatoriana de Rádio, Otto Sonnenholzner Sper, afirmou, em entrevista ao UOL Notícias, que a ação de hoje não é tentativa de golpe.

“A declaração do presidente afirmando que a oposição quer dar um golpe de Estado não é correta. Na minha visão isso não é um golpe de Estado, pelo menos, não articulado pela oposição política. É uma reclamação da polícia, que pela importância de sua função, colocou todo o país em perigo”, disse.

Sper, que mora em Guayaquil, segunda mais importante cidade do país, contou que os meios de comunicação estão pedindo para que as pessoas fiquem em suas casas para evitar assaltos e agressões e para os comerciantes, para fechar as portas. “Aqui os policiais estão protestando nas ruas e já fecharam diversas vias importantes”, contou.

“A população fez um apelo aos militares para que assumissem a segurança pública do país, mas eles não apareceram. Parece que eles também apoiam a paralisação da polícia, porque também são servidores públicos. Os únicos que apareceram foram para proteger o palácio do governo, mas as cidades estão abandonadas. Não há ninguém controlando as cidades”, disse.



Vírus ataca sistemas de indústrias fundamentais na China


O complexo vírus Stuxnet, descrito pelos especialistas de segurança na internet como uma das primeiras armas para a guerra cibernética, atacou os sistemas de informática das indústrias fundamentais da China, informou nesta quinta-feira o jornal South China Morning Post.
Segundo a publicação, o vírus atacou o sistema de controle criado pela multinacional alemã Siemens - uma das maiores fornecedoras de computadores industriais da China no exterior - e durante os últimos dias danificou pelo menos seis milhões de computadores e "quase mil" plantas industriais.
A agência oficial de notícias Xinhua informou que a fonte do ataque foram computadores cujo servidor tinha base nos Estados Unidos.
Analistas chineses asseguram que o vírus é uma ameaça potencial "sem precedentes" na segurança nacional da China, e o programa espião não só rouba e transmite dados das máquinas infectadas como também deixa uma porta aberta para o controle deles à distância, permitindo sua manipulação.

"Os alarmes soaram em quase todos os setores industriais fundamentais (aço, energia, transporte).  
Isto nunca aconteceu antes", afirmou Wang Zhantao, engenheiro chinês que trabalha com segurança da internet.

A sede central da Siemens, em Munique (Alemanha), se negou a comentar o impacto do vírus em seus clientes chineses, mas disse que está trabalhando para solucionar o problema.

O caso da China coincide com outro no Irã, onde o diretor do Organismo iraniano da Energia Atômica, Ali Akbar Salehi, declarou que alguns computadores portáteis "privados" de funcionários e técnicos da usina nuclear de Bushehr, no sul do país, foram infectados pelo Stuxnet.
Especialistas europeus em segurança na internet advertiram que o vírus é muito complexo e, provavelmente, foi criado por uma grande organização ou com a ajuda de algum governo, e pode ser considerado uma das primeiras armas para a guerra cibernética.

 http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI4708603-EI12884,00-Virus+ataca+sistemas+de+industrias+fundamentais+na+China.html

 http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/ira-sofre-um-ataque-cibernetico-massivo



HOJE A LUA ESTÁ EM CARANGUEJO



Proteção

Sensibilidade 

Flutuação de Humor 

Tradicional 

Memória
 
Nostalgia

Ciúme 

Familiar
 
Vínculos

Nutrição

Cuidadoso


"A Ostra mais velha piscou o olho, e balançou sua cabeça pesada
-querendo dizer que só desejava ficar em sua concha." Lewis Carroll

Ex-oficiais: ETs desarmaram armas nucleares de EUA e Inglaterra

Um grupo formado por seis oficiais da Força Aérea dos Estados Unidos (Usaf, na sigla em inglês) e um pesquisador de objetos voadores não identificados (ovnis) afirma que extraterrestres têm sobrevoado bases de mísseis e desativado bombas nucleares.

Segundo o site TG Daily, os sete irão apresentar um documento contendo testemunhos de mais de 120 antigos oficiais militares apontando para uma "intervenção" alienígena até meados de 2003. Aparentemente, após isso eles perderam o interesse pelas bases, continua o site.

"A Usaf tem mentido sobre os impactos de ovnis em bases nucleares na segurança nacional e nós temos provas", afirma o capitão de lançamento Robert Salas. O grupo afirma que os objetos voadores não identificados têm sobrevoado locais com armas nucleares desde 1948 e que possui documentos que comprovam isso.”


Bombas Nucleares Detonadas 1945-1998 (Isao Hashimoto)

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Estados Unidos podem atacar Irã em Outubro!



A probabilidade de uma agressão belica dos Estados Unidos contra o Irã está crescendo a cada dia, uma vez que poderia ser levado a cabo um bombardeio com misseis sobre a República Islâmica nas três primeiras semanas de outubro. Esta previsão foi feita pelo diretor do Instituto de Problemas da Globalização Mikhail Delyagin, em seu discurso de 29 de julho em Yekaterinburg, informa “Rus Business News”.

Na sua opinião, o aumento da ameaça é condicionado por dois fatores. Os Estados Unidos não podem permitir a existência de armas nucleares no Irã, sobre o qual não exercem nenhuma influência. Enquanto isso, a República Islâmica desenvolverá esta arma em 2011, ou até 2012. Além disso, a decrescente popularidade de Barack Obama o obriga a dar um passo indispensável na véspera das eleições programadas para o Congresso. O ataque ao Irã e o aumento da disposição patriotica dos americanos, prevê M. Delyagin dará aos democratas os votos em novembro de 2010.
De acordo com a avaliação de um economista bem conhecido da Rússia, os Estados Unidos não podem usar armas de precisão no calor, e é por isso que temos de esperar até Outubro. Neste momento, Israel estará disposto a usar armas nucleares contra os muçulmanos iranianos.
 
UMA GUERRA DESENCADEIA OUTRA:
A China, que recebe do Irã entre 7% e 9% das suas necessidades de petroleo, pode colocar impecilhos a uma guerra atômica na área, Pequim não se pode dar ao luxo de perder um fornecedor de energia desse tamanho, e a Rússia não está disposta a aumentar o fornecimento de petróleo para o Leste, no volume necessário sem a infra-estrutura necessária.

Com um movimento cauculado na península coreana, onde a China está envolvida como um juiz de arbitragem nas relações entre os dois países, a situação pode se reverter, já que a China dispõe de uma maior influência sobre a posição da Coreia do Norte. Se Pyongyang iniciar no Outono (Primavera aqui) uma escalada bélica, os Estados Unidos terão que concentrar seus esforços, incluindo os militares, em apoio a Coreia do Sul.
 

 
 
 

 






 

"E ERA MANHÃ QUANDO DEUS

compareceu ante suas doze crianças e em cada uma delas plantou a semente da vida humana. 
Uma por uma, cada criança deu um passo à frente para receber o Dom e a função que lhe cabia."




Alegoria dos Doze Signos
Martin Schulman

"À TI ÁRIES,

dou a primeira semente, para que tenhas a honra de plantá-la. 
Para cada semente  plantada,um milhão de novas  sementes se multiplicarão em suas mãos.
Não terás tempo de ver a semente crescer, pois tudo o que plantares criará cada vez mais e mais para ser plantado. 

Tu serás o primeiro a penetrar o solo da mente humana levando Minha Idéia. 
Mas não cabe a ti alimentar e nem questiona-la.
Tua vida é ação, e a única ação que te atribuo é começar a  tornar os homens conscientes da  Minha Criação. 
Para que seja um bom  trabalho, Eu te concedo a virtude do Respeito por Si Mesmo."

"À TI TOURO,

Eu dou o poder de transformar a semente em substância. 
Grande é a tua tarefa, requer paciência; pois tens que terminar tudo o que foi começado, para que as sementes não sejam dispersadas pelo vento. 
Não questionará ou mudará de idéia no meio do caminho, nem dependerá de outros para a execução do que te peço. 
Para isso, Eu te concedo o Dom da Força. 
Trata de usá-la sabiamente!"

"À TI GÊMEOS,

Eu dou as perguntas sem respostas, para que possas levar a todos um entendimento daquilo que o homem vê ao seu redor. 
Tu nunca saberás por que os homens falam ou escutam, mas em tua busca pela resposta encontrarás o Meu Dom reservado a ti: o Conhecimento."

"À TI CARANGUEJO,

atribuo a tarefa de ensinar aos homens sobre a emoção. 
Minha Idéia é que provoques neles risos e lágrimas, de modo que tudo o que eles vejam e sintam desenvolva uma plenitude desde dentro. 
Para isso,Eu lhe dou o Dom da Família, para que tua plenitude possa se multiplicar."

"À TI LEÃO,

atribuo a tarefa de exibir ao mundo Minha Criação em todo o seu esplendor.
Mas deves ter cuidado com o orgulho, e sempre lembrar que é Minha Criação, e não tua.
Se o esqueceres, serás desprezado pelos homens.

Há muita alegria em teu trabalho; basta fazê-lo bem.
Para isso Eu te concedo o Dom da Honra."

"À TI VIRGEM,

peço uma análise de tudo o que os homens fizeram com Minha Criação.
 Examinará seus caminhos minuciosamente e os lembrará de seus erros, de modo que através de ti Minha Criação possa ser aperfeiçoada.
Para que assim o faças, Eu te concedo o Dom da Pureza de Pensamento"

"À TI LIBRA,

dou a missão de servir, para que o homem esteja ciente dos seus deveres para com os outros; para que ele possa aprender a cooperação, assim como a habilidade de refletir o outro lado de suas ações.
Te levarei onde quer que haja discórdia, e por teus esforços te concederei o Dom do Amor."

"À TI ESCORPIÃO,

darei uma tarefa muito difícil.
Terás a habilidade de conhecer a mente dos homens, mas não te darei a permissão de falar sobre o que aprenderes.
Muitas vezes te sentirás ferido por aquilo que vês, em tua dor te afastarás de Mim, esquecendo que não sou Eu, mas a perversão de Minha Idéia, o que te faz sofrer.
Terás tanto do homem que chegará a conhece-lo como  animal, e lutarás tanto com os instintos em ti mesmo, que perderás o teu caminho; mas quando finalmente voltares, terei para ti o Dom supremo do Propósito"

"À TI SAGITÁRIO,

Eu peço que faças os homens rirem, pois 
em meio a incompreensão de Minha Idéia eles se tornam amargos.
Através do riso darás ao homem a esperança, e por ela voltarás seus olhos novamente para Mim.

Você tocará muitas vidas, mesmo que só por um momento e conhecerá a inquietação de cada vida que atingir..
A ti Sagitário, darei o Dom da Infinita Abundância, para que te possas expandir generosidade o bastante até atingir cada recanto onde haja escuridão, e torna-lo iluminado."

"À TI CAPRICÓRNIO,

quero o suor da tua fronte, para que possas ensinar aos homens o trabalho.
Não é fácil tua tarefa, pois sentirás todo o labor dos homens sobre teus ombros;
mas pelo jugo de tua carga, te concedo o Dom da Responsabilidade." 



[RESPONSABILIDADE, RESPONDER COM HABILIDADE]

"À TI AQUÁRIO,

dou o conceito do futuro,
para que através de ti o homem possa ver outras possibilidades.
Terás a dor da solidão, pois não te permito personalizar o meu amor. Para que possas voltar os olhares humanos em direção a novas possibilidades,
Eu te concedo o Dom da Liberdade, de modo que, livre, possas continuar a servir a humanidade onde quer que seja necessário."


"À TI PEIXES,

não foi a toa que te deixei por ultimo, pois te dou a mais difícil de todas as tarefas.
Peço-te que reunas todas as tristezas dos homens e as tragas de volta para Mim.
Tuas lágrimas serão, no fundo, minhas lágrimas.
A tristeza  que terás de incorporar é efeito da incompreensão do homem a Minha Idéia, mas cabe a ti levar até ele a compaixão, para que possa tentar de novo.
Serás tua a missão de amparar e encorajar a todos teus irmãos, fazendo-os acreditar que eles são capazes, e sempre podem tentar novamente.

Por esta tarefa, Eu te concedo o Dom mais alto de todos: 
tu serás o único de Meus doze filhos que me Compreenderás.
Mas este Dom da Compreensão é só para ti, Peixes, pois quando tentares difundi-lo entre os homens eles não ouvirão."

SORRIA. VOCÊ ESTÁ SENDO FILMADO.

FULLTIME.

Governo dos EUA quer lei para "espionar" usuário da internet

Autoridades de segurança nacional dos Estados Unidos pretendem mudar a maneira como os meios de comunicação online existem atualmente, de acordo com informações do jornal The New York Times. Para eles, a "liberdade" do mundo digital não satisfaz as exigências de segurança do governo do país.
 
Segundo o jornal, o projeto deve exigir que o Congresso permita que conexões peer-to-peer, contas de e-mail criptografadas, smartphones, como o Blackberry, redes sociais, como o Facebook e o Twitter, e até mesmo o serviço de conversação Skype possam ser grampeados por autoridades competentes.
A justificativa daqueles que defendem o projeto é que a comunicação, hoje, acontece essencialmente online. O que antes poderia ser feito por telefone, hoje se faz pelo computador. A mesma lógica serviria também no tratamento de criminosos perigosos e terroristas.
 
A proposta é polêmica e encontra divergências em setores do governo e da sociedade americana. Para James X. Dempsey, vice-presidente do Centro de Democracia e Tecnologia, uma organização sem fins lucrativos, o projeto bate de frente com elementos fundamentais da revolução da internet. "O que eles realmente estão querendo fazer é redesenhar os serviços que se beneficiam da própria natureza da internet. Eles basicamente querem que voltemos no tempo e usemos os serviços online como um telefone", declarou Dempsey.
Já as autoridades alegam que para que a segurança dos cidadãos seja bem feita, é necessário que o governo possa ter um maior controle sobre o que acontece na rede.
 

["para que a segurança dos cidadãos seja bem feita"; sim, e em nome dessa e outras  peseudo-seguranças, estaremos nós todos sob controle dessa Nova DESordem Mundial...Júnia Caetano]

 

Cientista desmente números oficiais sobre vazamento no Golfo do México

WASHINGTON, 27 Set 2010 (AFP) -Um pesquisador especialista em meio ambiente desmentiu nesta segunda-feira as estimativas do governo americano sobre o vazamento em um poço da BP no Golfo do México, ressaltando que mais da metade do petróleo derramado permanecia nas águas.
Grande parte do petróleo derramado evaporou, foi incendiado ou recuperado na superfície, mas o restante, "mais de 50% do material derramado é duradouro, resistente a qualquer dissolução", afirma o oceanógrafo Ian MacDonald em um painel presidencial sobre o vazamento.
"A maior parte está agora enterrada em sedimentos litorâneos e marinhos", ressaltou MacDonald, que acrescentou que há "poucas evidências de que este material se deteriore antes de ser enterrado".
O cientista assegura que cerca de 2,5 milhões de barris de petróleo -cerca de 400 milhões de litros - ainda estavam presentes no frágil ecossistema, de um total de 4,9 milhões de barris derramados no Golfo.

http://www.jb.com.br/internacional/noticias/2010/09/27/cientista-desmente-numeros-oficiais-sobre-vazamento-no-golfo-do-mexico/

terça-feira, 28 de setembro de 2010

A incerteza generalizada atinge os EUA

A esperança no presidente dos EUA, Barack Obama, dissipou-se em pouco tempo devido à crise
 

Os "espíritos animais" aos quais Keynes se referiu estão à espreita por todos os Estados Unidos. E eles estão de mau humor. Esses espíritos estão cansados e encontram-se em situação difícil. As corporações estão armazenando dinheiro, quando têm algum dinheiro para armazenar, porque não estão acreditando na recuperação econômica.
Durante uma visita de uma semana, eu me deparei com um clima de profunda intranquilidade nos Estados Unidos que parece ter descambado para o tribalismo – não tribalismo étnico, mas sim político, econômico e social. A incerteza é generalizada. O resgate de Wall Street promovido pelo governo, aliado às sérias dificuldades de uma classe média que luta para sobreviver com salários estagnados ou em queda, fez com que aumentassem os ressentimentos.

Este não é um fenômeno momentâneo. Ninguém parece acreditar que o desemprego cairá significativamente do seu atual patamar de 9,6% - um nível mais associado à França – em um futuro próximo. O jeito é habituarmo-nos ao novo conceito de normal.

Eu conversei com um executivo aposentado de Wall Street que deixou o setor há alguns anos para criar uma pequena empresa na qual ele tem que lidar com folha de pagamento, mas onde está livre do debilitante pensamento de curto prazo das instituições financeiras. Um pensamento que, durante a sua carreira, passou a ser dominado por corretores "que observam oportunidades, e não condições, econômicas".
International Herald Tribune in UOL Internacional
Roger Cohen
Em Londres (Reino Unido)

Pentágono acusado de lançar ataque de supervírus a usina nuclear iraniana

O Stuxnet, considerado por alguns especialistas o vírus mais avançado que existe parece estar focando os seus ataques em usinas nucleares iranianas. Agora o Pentágono e o serviço de inteligência alemã estão sendo acusados de criar o vírus para derrubar as instalações atômicas do Irã.
O worm parece ser projetado para se concentrar em sistemas muito específicos, diferenciando entre computadores  industriais "sem assistência humana", segundo o pesquisador alemão Ralph Langner:
O Stuxnet é uma chave para um cadeado muito específico - de fato, só há um cadeado no mundo que ele abre. O ataque inteiro não é para roubar dados, mas sim para manipular um processo industrial num momento específico. Isso não é genérico. Isso foi feito para destruir este processo.
Uma agência de notícias iraniana deu confirmação de que o ataque está acontecendo. De acordo com a Mehr News Agency, no entanto, o worm é "projetado para transferir dados sobre linhas de produção das nossas instalações industriais para fora do país". Eles afirmam que estão "lutando com sucesso" contra este ataque, que pode prejudicar a usina nuclear de Bushehr. Esta usina, que é de construção russa mas tem sistemas de computador da Siemens, supostamente já está enriquecendo urânio para o programa nuclear do Irã. Diferente de alguns armamentos patetas do Irã, a comunidade internacional considera as ambições de bomba atômica do país um dos maiores riscos à paz mundial.

O Pentágono está sendo acusado de trabalhar em conjunto com os serviços de inteligência alemães para criar o vírus. Os alemães podem ter fornecido dados sobre os computadores Siemens, o que pode ter sido fundamental para o desenvolvimento do worm. No entanto, o porta-voz do Pentágono Coronel David Lapan disse que o Departamento de Defesa "não pode confirmar ou negar" as acusações de que tenha sido responsável pelo ataque. [Fox News e Christian Science Monitor via AP eThe Atlantic]

Justiça do TO censura ´Estado` e mais 83 veículos

Imprensa está impedida de divulgar qualquer informação a respeito da investigação do Ministério Público de São Paulo, que cita o governador de Tocantins, Carlos Gaguim

Palmas - O desembargador Liberato Póvoa, do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), decretou censura ao jornal O Estado de S. Paulo e a outros 83 veículos de imprensa, proibindo-os liminarmente de divulgar qualquer informação a respeito de investigação do Ministério Público de São Paulo que cita o governador Carlos Gaguim (PMDB) como integrante de organização criminosa para fraudes em licitações.

A mordaça, em nove páginas, foi imposta sexta-feira e acolhe pedido em ação de investigação judicial eleitoral da coligação Força do Povo, formada por 11 partidos, inclusive o PT, que apoia Gaguim. Na campanha pela reeleição, Gaguim tem recebido no palanque a companhia do presidente Lula e da candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff.

O desembargador arbitrou "para o caso de descumprimento desta decisão" multa diária no valor de R$ 10 mil. Ele veta, ainda, publicação de dados sobre o lobista Maurício Manduca. Aliado e amigo do governador, Manduca está preso há 10 dias. A censura atinge oito jornais, 11 emissoras de TV, cinco sites, 40 rádios comunitárias e 20 comerciais.

O diretor de Conteúdo do Grupo Estado, Ricardo Gandour, considera um "absurdo a decisão judicial de censurar jornais". Ele ressalta que a medida, "além de afrontar a Constituição, se revela mais uma tentativa de impedir a imprensa de cumprir seu papel histórico de fiscalizar a gestão pública". O gerente jurídico do Estado, Olavo Torrano, disse que a decisão "causa preocupação e perplexidade". O jornal vai recorrer.

http://portalexame.abril.com.br/economia/eleicoes-2010/noticias/justica-to-censura-estado-mais-83-veiculos-599629.html

 

Lula: "nove ou dez famílias" dominam a comunicação no Brasil


 
 
 Terra 
- Presidente, em 1978 o senhor era um líder operário, estava na Bahia em um encontro de petroleiros, no Hotel da Bahia, eu era um estudante de comunicação, ainda tinha AI-5, censura à imprensa. 
Na década seguinte, nos anos 80 e 90, em inúmeras conversas com o senhor o assunto acabava de alguma forma passando pelo monopólio na mídia. 
No ano 2002, na véspera da eleição, de novo conversamos sobre isso. 
Em 2006, a uma semana do senhor ser reeleito presidente, numa conversa o senhor disse que não iria "tirar nada" de ninguém, que isso não seria democrático, mas que a ideia era redistribuir meios, ajudar os meios, ter uma maior diversidade de opinião. 
Chegando agora, nesta reta final (em 2010) o senhor tem feito críticas duras, dizendo que a imprensa, a mídia tem um candidato e não tem coragem de assumir e, ao mesmo tempo, o contraditório diz que existiria um Projeto 
Político, projeto vocalizado outro dia pelo José Dirceu, para "enquadrar meios de comunicação". Então, queria que o senhor dissesse o que o senhor realmente pensa disso, e se realmente existe uma expectativa, se existe alguma coisa em relação a isso...

Luiz Inácio Lula da Silva -  
Olha, primeiro, na nossa passagem pela Terra... não pelo Terra, pela Terra, a gente ouve coisas absurdas, que a gente gosta e que a gente não gosta. Veja, qualquer coisa nesse País tem o direito de me acusar de qualquer coisa. É livre. Aliás, foi o PT que, no congresso de São Bernardo do Campo, decidiu que era proibido proibir. Era esse o slogan do PT no congresso de 1981. 
Terra - O Caetano vai dizer que é dele...

-O que acontece muitas vezes é que uma crítica que você recebe é tida como democrática e uma crítica que você faz é tida como antidemocrática. 
Ou seja, como se determinados setores da imprensa estivessem acima de Deus e ninguém pudesse ser criticado. 
Escreveu está dito, acabou e é sagrado, como se fosse a Bíblia sagrada. 
Não é verdade. A posição de um presidente é tomada como ser humano, jornalista escreve como ser humano, juiz julga como ser humano. 
Ou seja, temos um padrão de comportamento e julgamento e, portanto, todos nós estamos à mercê da crítica. 
No Brasil - , e foi o Cláudio Lembo que disse para o Portal Terra -, a imprensa brasileira deveria assumir categoricamente que ela tem um candidato e tem um partido, que falasse. 
Seria mais simples, seria mais fácil. O que não dá é para as pessoas ficarem vendendo uma neutralidade disfarçada. Muitas vezes fica explícita no comportamento que eles têm candidato e gostariam que o candidato fosse outro. Tiveram assim em outros momentos. Acho que seria mais lógico, mais explícito. Mas, eles preferem fingir que não têm lado e fazem críticas a todas as pessoas que criticam determinados comportamentos e determinadas matérias. 
Terra - 
O Brasil mudou e eu faço a seguinte pergunta, quer dizer, a política brasileira mudou? O senhor antigamente falava muito em reforma política, que era uma das bandeiras e hoje a gente vê os partidos enfraquecidos. 
Como o senhor avalia hoje a política, a necessidade da reforma política e um adendo: em uma viagem ao Pará, nas vésperas da eleição passada, em um vôo o senhor disse na entrevista que uma das suas primeiras medidas que o senhor tentaria seria a reforma política. 
Por quê não saiu? Por que é tão difícil de fazer?

-Porque a reforma política não é uma coisa do presidente da República. A reforma política é uma coisa dos partidos políticos. E do jeito que os partidos se comportam parece que a gente tem um monte de partidos , todos criticando, sabe, a legislação que regulamenta a política no Brasil. 
Todo mundo quer uma reforma política, mas ninguém mexe. Porque desagrada a muita gente. Então, veja, eu mandei duas propostas de reforma, de coisas que precisariam mudar para poder melhorar a política brasileira e que não foi votado. 
Nós mandamos, por exemplo, a regulamentação do financiamento de campanha, para acabar com o financiamento privado e ficar com financiamento público, que na minha opinião é a forma mais honesta de se fazer campanha neste País, a fidelidade partidária... porque o que é o ideal? 
É você ter partido forte para você negociar com partido. Isso faz parte da democracia. 
Quando você faz coalizão com partido político você estabelece regras nesta coalizão, você partilha um poder com essa coalizão. 
Agora, do jeito que está é quase que impossível, porque a direção dos partidos não representa mais os partidos. O líder da bancada não representa mais a bancada, ou seja se criou grupos de deputados, grupos por região, grupos...ou seja, e está muito difícil para eles próprios...então, o que eu acho? Quando eu deixar a presidência, eu quero, primeiro dentro do PT, convencer o PT da necessidade de fazer uma reforma política, convencer os partidos da base aliada do governo da necessidade de se fazer uma reforma política neste País pra que a gente não fique com legenda de aluguel, como nós temos agora.
 
Antonio Prada
Bob Fernandes
Gilberto Nascimento
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4693205-EI7896,00-Lula+nove+ou+dez+familias+dominam+a+comunicacao+no+Brasil.html

UM EXPERIMENTO SOCIALISTA

Um professor de economia na universidade Texas Tech disse que ele nunca repetiu um só aluno antes mas tinha, uma vez, repetido uma classe inteira.
Esta classe em particular tinha insistido que o socialismo realmente funcionava: ninguém seria pobre e ninguém seria rico, tudo seria igualitário e ‘justo.’ O professor então disse, “Ok, vamos fazer um experimento socialista nesta classe. Ao invés de dinheiro, usaremos suas notas em testes.”

Todas as notas seriam concedidas com base na média da classe, e portanto seriam ‘justas.’ Isso quis dizer que todos receberiam as mesmas notas, o que significou que ninguém repetiria. 

Isso também quis dizer, claro, que ninguém receberia um A… Depois que a média das primeiras provas foram tiradas, todos receberam Bs. 
Quem estudou com dedicação ficou indignado, mas os alunos que não se esforçaram ficaram muito felizes com o resultado. 

Quando o segundo teste foi aplicado, os preguiçosos estudaram ainda menos - eles esperavam tirar notas boas de qualquer forma. Aqueles que tinham estudado bastante no início resolveram que eles também se aproveitariam do trem da alegria das notas. Portanto, agindo contra suas tendências, eles copiaram os hábitos dos preguiçosos. Como um resultado, a segunda média dos testes foi D. Ninguém gostou.

Depois do terceiro teste, a média geral foi um F. As notas não voltaram a patamares mais altos, mas as desavenças entre os alunos, buscas por culpados e palavrões passaram a fazer parte da atmosfera das aulas daquela classe. 

A busca por ‘justiça’ dos alunos tinha sido a principal causa das reclamações, inimizades e senso de injustiça que passaram a fazer parte daquela turma. No final das contas, ninguém queria mais estudar para beneficiar o resto da sala. 

Portanto, todos os alunos repetiram… 

Para sua total surpresa. O professor explicou que o experimento socialista tinha falhado porque ele foi baseado no menor esforço possível da parte de seus participantes. Preguiça e mágoas foram seu resultado. Sempre haveria fracasso na situação apartir da qual o experimento tinha começado. 

“Quando a recompensa é grande”, ele disse, “o esforço pelo sucesso é grande, pelo menos para alguns de nós. Mas quando o governo elimina todas as recompensas ao tirar coisas dos outros sem seu consentimento para dar a outros que não batalharam por elas, então o fracasso é inevitável.”
http://blog.cancaonova.com/felipeaquino/2010/01/06/um-experimento-socialista/

A entrevista de Lula ao portal Terra


Nivaldo Cordeiro | 24 Setembro 2010
Artigos - Eleições 2010
 Quando nós tomamos a decisão de fazer a Conferência da Comunicação – nós já fizemos conferências de tudo que você possa imaginar, até de segurança pública -, quando fizemos a Conferência de Comunicação, alguns setores das comunicações participaram, algumas tevês participaram, algumas empresas telefônicas participaram e muitos jornais participaram. Ela foi feita a nível municipal, a nível estadual e nível nacional. Determinados setores da imprensa não quiseram participar e começaram a achar que aquilo era antidemocrático, que aquilo era não sei das contas. Eu não sei qual é a preocupação que as pessoas têm de a sociedade discutir comunicação“.
 
Lula oculta o fato óbvio de que o ordenamento das instituições não prevê a existência de tais conferências, que se pretendem substituir o próprio Poder Legislativo e virar linha legitimadora para as arbitrariedades do Poder Executivo. O chamamento das tais conferência é um embrião de golpismo, um exercício de sovietização do poder de Estado, um aparelhamento das instâncias de governo pelos militantes petistas que manipulam os tais movimentos sociais. Essa gente são os aloprados miúdos do PT, todos em busca de uma boquinha no Estado. Nas entrelinhas, o ávido anseio para controlar a internet:
Então, o que nós achamos é que o Brasil, independentemente de quem esteja na Presidência da República, vai ter que estabelecer o novo marco regulatório de telecomunicações desse País. Redefinir o papel da telecomunicação. E as pessoas, ao invés de ficarem contra, deveriam participar, ajudar a construir, porque será inexorável. Ninguém tinha a dimensão há 15 anos atrás do que seria a internet hoje“.
Se depender de Lula e seus asseclas gente como eu não poderá ter liberdade de opinião.
Lula insistiu nas conferências:

É, por causa disso, ou seja, eles confundem populismo com popular. Eles não sabem o que é popular porque eles nunca tiveram perto do povo. Essa gente, essa gente que não gosta de mim, na época das eleições até sorri pros pobres, até fazem promessa pros pobres, mas depois das eleições… o pobre passa perto deles um quilômetro. Então, sabe, isso é uma confusão maluca entre o populismo e o popular. O que é o populismo? É um cara, sabe, que não tem nada a ver com ninguém e aparece fazendo promessas, aparece fazendo política demagógica. Não é o nosso caso. Todas as políticas minhas são decididas, Bob… Já foram 72 conferências nacionais, conferências que começam lá no município, vai para o Estado e vem pra cá. Algumas conferências participaram 300 mil pessoas até chegar na conferência nacional. E aí nos decidimos as políticas públicas. Então eles…obviamente eu acho que tem muita gente incomodada e eu não tenho culpa, eu não tenho culpa“.

A má fé de Lula é óbvia em esconder que tais conferências são uma perigosa inovação comunista, é a cópia do modelo soviético aplicado ao Brasil sem nenhuma discussão com o Congresso Nacional. As conferências são uma forma de golpismo.
Quando ele se refere à reforma política parece claro que quer acabar com os pequenos partidos, recriando alguma forma de bipartidarismo, no qual a oposição consentida seria uma variação esquerdista do próprio PT, que poderia governar como em regime de partido único. Lula prega a ditadura quando fala em reforma política. Ele prega o “centralismo democrático” nos partidos que permanecerem. Nas suas palavras:

Então, veja, eu mandei duas propostas de reforma, de coisas que precisariam mudar para poder melhorar a política brasileira e que não foi votado. Nós mandamos, por exemplo, a regulamentação do financiamento de campanha, para acabar com o financiamento privado e ficar com financiamento público, que na minha opinião é a forma mais honesta de se fazer campanha neste País, a fidelidade partidária… porque o que é o ideal? É você ter partido forte para você negociar com partido. Isso faz parte da democracia. Quando você faz coalizão com partido político você estabelece regras nesta coalizão, você partilha um poder com essa coalizão. Agora, do jeito que está é quase que impossível, porque a direção dos partidos não representa mais os partidos“.


http://www.midiasemmascara.org/artigos/eleicoes-2010/11456-a-entrevista-de-lula-ao-portal-terra.html