quarta-feira, 30 de março de 2011

MERCÚRIO EM ÁRIES

 Mercúrio/Hermes, por incumbência de Júpiter/Zeus, mata Argos, antes o faz adormecer,o encantando enquanto fala, fala e conta estórias...

.


Argo e os argonautas

Na mitologia grega, Argonautas eram tripulantes da nau Argo que, segundo a lenda grega, foi até à Cólquida (actual Geórgia) em busca do Velo de Ouro (939 a.C.).

Os argonautas foram os heróis que  acompanharam  Jasão nessa expedição,cada qual tendo sua tarefa.



"A Orfeu , por exemplo, que tinha o dom da música, coube a tarefa de cadenciar o trabalho dos remadores e de, principalmente, sobrepujar com sua voz, o canto das sereias que seduziam os navegantes.
 
Argos, filho de Frixo, construiu o navio e por isso, em sua homenagem, a embarcação recebeu seu nome.
 
Tífis, discípulo de Atena na arte da navegação foi designado piloto.
Morto na Bitínia, foi substituído por Ergino, filho de Posídon.
 
Castor e Pólux, gêmeos filhos de Zeus e Leda, atraíram a proteção do pai durante a tempestade que a nave foi obrigada a enfrentar.
 
Destacavam-se ainda entre os heróis: Admeto, filho do rei Feres; Ídmon e Anfiarau, célebres adivinhos ;
 
Teseu , considerado o maior herói grego;
 
Hércules que não completou a expedição;
 
Etálides, filho de Hermes que atuou como arauto; os irmãos Idas e Linceu e, é claro, Jasão, chefe e comandante da expedição."

Júnia Caetano


http://pt.wikipedia.org/wiki/Argonautas

MERCÚRIO RETRÓGRADO 30/MARÇO A 23/ABRIL [24º / 12º DE ÁRIES]

                    [Hermes/Mercúrio / Edifício do Tribunal de Justiça, no Pátio do Colégio em São Paulo]


O planeta Mercúrio rege a comunicação, ficará em movimento retrógrado a partir de hoje, 30 de março.


Isso significa que os assuntos que lhes são correspondentes estarão merecendo maior atenção.

A fala pode ficar tipo :

“Eu não sei dizer

O que quer dizer

O que vou dizer”...rs

Melhor para ouvir mais e falar menos.

E no ar,sua expressão mais nociva e corriqueira, a fofoca...

Cuidado ao repassar estórias.

Papeladas, documentos, burocracia, acordos, contratos...tudo é melhor REvisar, REorganizar,REdirecionar,o movimento é REtrógrado....


Não é favorável aos vistos de passaporte, alfândega, transações imobiliárias.

Sobretudo, época não conveniente para cirurgias. As de emergência se entrega pra Deus, mas eletivas, não marque.

Mercúrio simboliza o médico, o tratamento médico, nessas épocas pode ocorrer diagnóstico equivocado ou o tratamento não dar o resultado esperado.

Mercúrio foi um Deus conhecido por muitos nomes...Hermes, Ninghizida,Thot,Quetzalcoatl,Exu...nomes diferentes para a divindade da escrita, da medicina, da magia, dos viajantes, dos câmbios, entre outras coisas mais.

Era o único que freqüentava os três mundos, convivia com os humanos, subia ao Olimpo entre deuses e descia no mundo avernal dos mortos.

Era muito traquinas e armava muitas ciladas desde criança;

Era o Deus das encruzilhadas, da escolha de qual caminho seguir...talvez por isso seu movimento retrógrado cause tanta REorientação e as vezes, desorientação, daquilo que estava tendo um andamento mas acaba merecendo mais REflexão.


Portanto neste período, bom de arrumar os armários, arejar as idéias, REunir mais subsídios para o que se esteja fazendo intelectualmente(estudo,pesquisa,prova,concurso) e não forçar resultados.

Com que qualidade expressamos o que pensamos, qual a vibe de nosso pensamento, o que povoa nosso pensar.? O pensamento é causativo.



Mercúrio simboliza isso tudo... a linguagem, a fala,; a articulação verbal não é algo simples, há uma sofisticação no processo que se dá entre o que vc pensa/sente até chegar nas palavras que vão expressar toda essa dinâmica.

Estudos genéticos indicam que de fato existiu uma “Eva”, uma mãe única de todos nós e que ela apareceu entre 200/ 250 mil anos atrás, com o “dom de conversar”.

A comunicação é complexa porque cada qual pode interpretar algo conforme seu próprio código de valores e muitas vezes as pessoas estão falando da mesma coisa mas seus pontos de vista tão diferentes que dá a impressão de não falarem a mesma língua.

Há muito tempo atrás o que integrava a humanidade foi alterado, quando foi dito :


“Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro.” GÊ 11:7

Como se fazer entender??!!!

Júnia Caetano

quarta-feira, 23 de março de 2011

MWC 922

Ninguém sabe realmente dizer como uma nebulosa toma a forma de um quadrado, mas esse é justamente o caso da MWC 922.


Uma das hipóteses diz que uma estrela, ou um conjunto de estrelas, que está no centro do sistema estelar expele cones de gases durante a fase final de desenvolvimento, originando esse peculiar feitio.

Com base em evidências científicas, os pesquisadores especulam que a MWC 922 pode se transformar, um dia, em uma supernova.

A foto, divulgada nesta quarta-feira pela Nasa (agência espacial americana), foi feita pelos telescópios espaciais Hale, na Califórnia, e Keck-2, no Havaí.

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/893056-telescopios-da-nasa-fotografam-nebulosa-quadrada-veja.shtml

Enuma Elish


Créditos do vídeo:


Rotting Christ - Enuma Elish (Copyright Season of Mist 2007)

Director: Bob Katsionis , Producer: Rotting Christ.



"Os gregos do Rotting Christ, uma banda de metal que trafega entre o atmosférico e o sombrio, soltaram um disco em 2007, que abordava o mito dos deuses na cultura suméria antiga.

Intitulado Theogonia (palavra grega que pode ser definida como uma doutrina sobre a origem dos deuses), usaram umas texturas sombrias, elementos obscuros e melódicos, muitos trechos cantados em grego antigo, intercalando cânticos estranhamente arcanos, que adicionaram ao trabalho uma incrivel riqueza de detalhes."
Ed França

Letra :

 Apsu

Tiamut

Lahmu and laham

Ansar and kisar

Anu

Nudimmud

When on high the heaven, had not be named

Firm ground below was unnamed

Apsu

Tiamut

Lahmu and laham

Ansar and kisar

Anu

Nudimmud

When on high the heaven, had not be named

Firm ground below was unnamed

Mummu tiamat she who bore them

Naught primordial apsu their begetter

[chorus]

And the earth has been done and the life has just begun

And the formless void and darkness outdone

And the water has been done and the sky raised up

Separating the water the genesis goes on

And the greater light has been done and the lesser light spun

To rule the day and night together with the stars

And the living creatures has been done

And the sea monsters have born

And everything that moves with which the waters swarm

She made the worm the dragon

The female monster the great lion

The mad dog the man scorpion

The howling storm

[chorus]

And the greater light has been done

And the lesser light spun

To rule the day and night

Together with the stars

TRADUZINDO :

Enuma Elish

Apsu

Tiamut

Lahmu e Laham

Ansar e Kisar

Anu

Nudimmud

Quando no céu na altura, não tinha sido nomeado

terra firme abaixo foi sem nome

Apsu

Tiamat

Lahmu e Laham

Ansar e Kisar

Anu

Nudimmud

Quando no céu na altura não tinha sido nomeado

terra firme abaixo foi sem nome

Mummu tiamat ela que criou

Nada Apsu primordial seu criador

[Refrão]

E a terra tem sido feito ea vida está só começando

E o vazio sem forma ea escuridão superado

E a água tem sido feito eo céu levantado

Separar a água continua a gênese

E a luz maior tem sido feito e o menor fiado

Para governar o dia ea noite, juntamente com as estrelas

E os seres viventes que foi feito

E os monstros marinhos têm nascido

E tudo que se move com que as águas abundantemente

Ela fez o worm do dragão

O monstro do sexo feminino o grande leão

O cachorro louco o homem escorpião

A tempestade uivando

[Refrão]

E a luz maior tem sido feito

E a luz menor fiado

Para governar o dia ea noite

Junto com as estrelas


[tradutor Google on line]

Os planetas citados :

Tiamut /Tiamat



Lahmu e Laham / Vênus e Marte


Ansar e Kisar / Júpiter e Saturno


Anu / Urano


Nudimmud / Netuno

Mummu / Mercúrio








Rotting Christ - Enuma Elish

ENUMA ELISH

Na Babilônia, "Portal dos deuses", em comemoração ao ano novo, eles recitavam durante 10 dias o ENUMA ELISH, "a epopéia da criação", onde se contava como o sistema solar, a Terra, e tudo o que existe foi criado.


Este texto sumério fala do tempo em que :

ENUMA ELISH LA NABU SHAMAMU
Quando nas alturas o céu ainda não recebera um nome

SHAPLITU AMATUM SHUMA LA ZACRAT
E abaixo, a terra firme ainda não fora chamada...

Aqui a procissão de ano novo na Babilônia,terra do deus Marduk, que reinou na Era do Carneiro (2000 a.C.)

NISANNU, o conselho em volta do fogo

Doriforia em FOGO:


Urano e Marte, Júpiter e Mercúrio se reúnem em volta do Sol e da Lua Nova de Áries, para anunciarem, depois de 165 anos, a entrada de Netuno em Peixes.


JOSÉ MARIA GOMES NETO


Na Antiga Babilônia e Assíria, a chegada da primavera marcava o começo do ano. O primeiro mês, Nisannu, começava no pôr do sol mais próximo ao equinócio da primavera, no qual o filete Lunar Crescente faz sua primeira aparição. E essa é uma data que em nosso calendário atual ocorre em algum dia entre 13 de março e 11 de abril.


A Lua Nova de Áries então, que ocorre após o Ingresso Solar, tradicionalmente aceito como marco do início do ano astrológico, é uma das mais (se não a mais) importantes lunações do ano, sinalizando em seu simbolismo campos informacionais com as qualidades disponíveis no céu, para o ciclo que aí se inicia, e, por sincronicidade, encontra correspondência com os principais eventos do ano, que já estão ocorrendo, e os desdobramentos do que está por vir.


Neste ano, a Lua Nova de Áries acontece no dia 3 de abril, para o Rio de Janeiro, as 12h32 – porém esse é um momento em que a Lua se encontra imersa na luz e energia do Sol e por isso mesmo não pode ser avistada.

NISANNU - no dia 4 de abril, o primeiro o filete de luz da Lua crescente aparecerá logo após o pôr do Sol, dando início assim ao primeiro mês lunar do novo ciclo solar.

 Mas o que há de mais importante nesse céu é a relação entre a grande concentração planetária em fogo e o ingresso de Netuno em Peixes.

A energia está para a Luz, como a atenção está para consciência

Quando alguém risca um fósforo, ou acende alguma fogueira é quase impossível não colocar atenção plena no que está fazendo. Diante desse elemento, fogo, todo cuidado é pouco, pois algo pode causar danos e destruição imediata e irreversível, quase que instantaneamente, e ainda correr o risco da ação sair do controle. Mas é justamente esse fato, de ter que lidar com muita atenção, ou com uma qualidade de atenção especial, diferente daquela ordinária e automática do dia a dia, que promove a grande oportunidade de acionarmos o estado de PRESENÇA, 110% presente, alerta, desperto, que nos leva à aquisição de novos aprendizados e de mais e mais consciência.



Os sinais de fogo que estão no céu, da mesma forma evocam a sensação e percepção de PERIGO: um alerta para toda a humanidade, e encontram correlação com os recentes e explosivos acontecimentos na Terra. A intenção positiva dessa situação é promover uma mudança de consciência e de atitude, por parte da pequena parcela de humanos que decide pela vida da grande maioria. Aprender a lidar com o fogo é como aprender a lidar com a atenção, mais do que necessário, é uma responsabilidade, pois promove consciência, e uma vez acesa, pode se tornar difícil de ser apagada.

Ratificando o que já havia escrito nos artigos anteriores: "A Natureza do Fogo" e " A Natureza não espera pelos homens" - sobre os rumores de guerra, que se tornaram Guerra, a sensação de um vulnerável barril de pólvora, como um pavio acesso que percorre as proximidades dos poços de petróleo no Oriente Médio e norte da África, com as situações do Egito, Líbia, Iêmen, Bahrein, Síria que ainda se inflamam nas ruas, e o desafio da derrubada das últimas ditaduras com traços dos antigos imperadores, que se expande além fronteiras. E isso é só o começo do ciclo.

Urano já entrou definitivamente em Áries, exatamente no mesmo dia dos Terremotos e Tsunamis no Japão (11 de março) - e não tem mais volta!


Nisso reside pelo menos duas fontes de simbolismo:

- O FOGO PRIMORDIAL de Áries já foi previamente aceso, com a ativação da renovação da vida no planeta. É a ignição, partida para um novo tempo, que se encontra disponível no céu de Nisannu-2011, para promover e acelerar a combustão do que precisa mudar.



- E o FOGO PROMETÉICO de Urano, planeta descoberto durante o período das grandes revoluções no mundo ocidental que é ativado com a entrada do Sol no equinócio de Áries. Como um deus, Urano rouba o fogo dos demais deuses para compartilhar com os homens, aprisionados na loucura da ignorância da escuridão do próprio ego.

Mas e os homens?

Saberemos o que fazer com o fogo novo de Urano, tamanho poder à luz da liberdade?

A última passagem da conjunção de Júpiter e Urano nessa região do zodíaco, entre Peixes/Áries foi de março de 1927 a abril de 1928, resultando num marco histórico para a revolução da ciência e das grandes descobertas da física quântica que vieram a seguir, em lidar com a energia atômica, podendo até auto intitular-se: o alvorecer da Era Nuclear.

Nessa ocasião aconteceu por sincronicidade, o histórico evento 5o Solvay Congress in Bruxelas, do qual participaram os mais importantes cientistas da época, entre físicos, químicos, matemáticos que ganharam Prêmio Nobel estavam Bohr, Heisenberg, Wolfgang Pauli, Albert Einstein, Erwin Schrodinger, Max Born, Max Planck, Hendrik Lorentz - e outros, culminando numa verdadeira revolução na física e mudança de paradigmas científicos.

Poderíamos, até então, chamá-los de "Gênios" que foram libertados da lâmpada mágica, ou que libertaram a percepção científica da humanidade, da garrafa e também a energia contida na matéria. Nesse período foram formulados e publicados os dois maiores axiomas da mecânica quântica: Princípio da Indeterminação de Heisenberg e o Princípio da Complementariedade de Bohr.



Hoje nos deparamos com grandes paradoxos gerados pela "genialidade" liberta da lâmpada maravilhosa, na inabilidade de saber o que fazer com ela! Qual é o sonho do futuro a construir?

Tomando como exemplo o Japão, um país que quase foi aniquilado pela explosão de duas bombas atômicas na década de 40, portanto tem na própria pele a experiência, ainda a consciência e a lembrança da dor do sofrimento do poder destruidor desse tipo de tecnologia, hoje possuir um arsenal (apesar de não ter exército armado) de mais de 40 usinas nucleares espalhadas por todo arquipélago. E pior, construí-las conscientemente sobre falhas geológicas sujeitas a grandes terremotos e tsunamis, com o risco de a qualquer momento acontecer o que aconteceu, exatamente no dia em que Urano entrou em Áries. Essa é a vingança de Hiroshima e Nagasaki. As consequências para o mundo ainda são desconhecidas. Parafraseando Jung:

"Quando a gente não reconhece uma situação interior, ela se manifesta no exterior em forma de fatalidade". Quase sempre é o que ocorre quando não realizamos a consciência que temos.

Assim, o planeta Terra hoje se encontra repleto de "sementes atômicas", e tantas outras usinas nucleares espalhadas pelo mundo inteiro, prontas para, a qualquer momento, germinarem.

A aceleração do processo de destruição da natureza provocado por artifícios antinaturais disponíveis ao homem pela Era Nuclear, amplia a esfera de autodestruição da sociedade de consumo, transforma o medo da guerra nuclear menor, em comparação à contaminação do ar, das águas, dos alimentos e da vida no planeta, não apenas diretamente pela irradiação atômica, provocada por acidentes como esses das Usinas Nucleares do Japão, mas por tornar todas as consequências derivadas dessa antinatureza.

Ilusão que, como crianças, saberemos lidar com tudo que está aceso. Parece termos libertado o gênio da garrafa, acreditando que o problema de energia estaria solucionado no mundo, para suplicarmos a um só único pedido: - volte para a garrafa, antes que destrua o mundo! Tal é a incapacidade, ou inabilidade arquetípica, do homem lidar com o poder do fogo.

Um novo nascer do Sol, um novo despertar, o céu de Nisannu não nos espera! Netuno entra em Peixes: é preciso começar a fazer a piracema...

21 de março de 2011

http://www.oficinadeastrologia.com/









segunda-feira, 21 de março de 2011

PRESSÁGIOS PARA 2011

Liberdade e Fundamentalismo Urano e Sol em Áries e as repercussões do levante árabe

Rui Sá Silva Barros

Em janeiro, Júpiter ingressou em Áries e levantou o mundo árabe: tunisianos e egípcios despacharam seus governantes, a Líbia está em guerra civil; Iêmen, Jordânia, Bahrein e Omã têm manifestações diárias, no Iraque, Cisjordânia, Argélia e Marrocos elas são esporádicas. A situação está equilibrada: no Egito o antigo regime comanda a transição; na Líbia Gadaffi ainda faz grande estrago e nos demais países os regimes fazem concessões e prometem negociações; só na Tunísia o processo andou de fato. Este equilíbrio deve ser rompido em breve com o ingresso de Urano em Áries. Nos próximos dois anos assistiremos a uma verdadeira queda de braço entre Plutão em Capricórnio tentando preservar a ordem e Urano tentando promover independência e liberdade. Uma coisa é certa: para manter a atual desigualdade econômica dentro e entre os países será necessário o uso de força e restrição de liberdades civis, o capital financeiro transnacional vai jogar todas as cartas na mesa.




O mapa acima mostra o ingresso do Sol em Áries calculado para o Cairo. Depois de duas semanas de manifestações massivas, os trabalhadores egípcios entraram em greve, ameaçando o tráfego no canal de Suez e Mubarak foi aposentado. A estrutura da ditadura militar continua intacta e comanda a transição: designaram uma comissão de notáveis para rever a Constituição, garantiram a paz com os israelenses, os presos políticos continuam encarcerados, prenderam alguns notórios corruptos, permitiram a passagem de navios iranianos e trocaram o premiê. Os militares têm todo o interesse em sepultar o passado e manter a estrutura econômica monopolizada pela corporação, o que é totalmente contrário às necessidades populares: emprego, renda mínima, educação e saúde públicas, para começar. Além disto, um calendário eleitoral rápido prejudica a oposição desorganizada. O mapa indica estes conflitos de forma clara, a começar com o Ascendente em Plutão-Capricórnio que promete radicalismo. O atual executivo é sinalizado por Vênus, regente do MC libriano, em Aquário conjunta a Netuno no setor 2 do mapa, recursos econômicos. Lua e Saturno próximos ao MC reforçam Vênus. As forças de oposição populares estão representadas por Marte em Peixes em tensão com o MC, e de resto isolado. Um grande stellium no setor 3 prenuncia uma batalha de informação, desinformação e mobilidade; Júpiter regente do setor está em oposição a Saturno, enquanto os trabalhadores representados por Mercúrio (regente do setor 6) está em oposição à Lua, ou seja, os políticos profissionais da oposição podem deixar os trabalhadores a ver navios.



Em Trípoli, o Ascendente deve estar no final de Sagitário reforçando a oposição Júpiter-Saturno. Desencadeado em 01/09/1969 o golpe militar, que levou Gadaffi ao poder, é assinalado pela conjunção Júpiter-Urano que acabou de se desfazer no final de Peixes, em oposição à posição original em Virgem. A aviação do ditador pode fazer um grande estrago e morticínio, cogita-se um bloqueio aéreo por forças internacionais. Teme-se que a Líbia tenha o mesmo destino da Somália, há muitos anos envolta em guerra civil. Em Riad, o rei Abdullah desembarcou, vindo de uma cirurgia no exterior, desembolsando 35 bilhões de dólares para programas assistenciais. Aparentemente a Arábia está a salvo de manifestações, mas o gesto do governante mostra preocupação, não é à toa: Urano completou sua revolução desde a independência em 1926. Em Teerã, o governo viu a oposição levantar a cabeça novamente e reprimiu severamente ao mesmo tempo em que louvava o levante dos árabes, Urano também vai provocar ebulição no país, mais para frente. Já o governo israelense pediu proteção para Mubarak e agora saúda a democratização em marcha, mas terá que negociar seriamente a questão palestina, o fornecimento de gás egípcio ainda não foi retomado.



De qualquer maneira a questão fundamental continua a ser o tráfego no Golfo Pérsico, qualquer problema ali afetará imediatamente toda a Ásia dependente do petróleo, em menor escala a Europa e muito pouco os EUA, que importam petróleo do Canadá, México, Venezuela e Nigéria, frete mais barato e fornecimento seguro. O povo do mercado petroleiro resolveu faturar uns trocados (20%) com a paralisia da produção líbia (1,5% do total de 89 milhões de barris diários) e a ameaça de problemas no Golfo. Se os atuais preços persistirem vão acelerar os preços finais dos cereais e veremos levantes populares na África, em países da América Latina, no Leste europeu e Sul da Ásia.



VEXAME EUROPEU – Diariamente saem revelações da simbiose de políticos e empresários europeus com seus congêneres árabes. Daí o aturdimento, o balbucio, o desconforto e a mudez dos intelectuais. Em janeiro a imprensa agitava o espantalho do fundamentalismo islâmico, mas como ninguém rasgou bandeiras estrangeiras nem reivindicou aplicação da Sharia à vida política, esta nota diminuiu de

intensidade para evocar a revolução pacífica da juventude internauta. Agora, com a guerra civil na Líbia, esta nota também caiu no silêncio. Em todas as reportagens e análises a mesma surpresa: o povo na rua queria liberdade. Para quem sempre pensou que a doutrina islâmica bloqueasse a democracia foi um susto, apesar dos exemplos contrários da Turquia, Indonésia e Malásia. Na realidade os europeus não compreendem como os árabes podem levar religião a sério. Depois de 250 anos de iluminismo, os prezados europeus (a maioria) pensam que religião é uma superstição deplorável ou um assunto para vagas conversas ou estudos; uma minoria ainda pratica escolhendo os preceitos que lhe agradam. E assim como é possível praticar religião, viver numa sociedade laica e participar da política na Europa ou Índia, o mesmo se aplica à civilização islâmica. A Lua no mapa da União Europeia está no início de Áries e as classes populares sofrem com o desemprego, endividamento e cortes na assistência social.



No momento olham para o outro lado do Mediterrâneo com medo e inveja: e os refugiados que estão chegando, e os preços do petróleo subindo, e a estagnação pela frente? Não, não imagino coisas, estas perguntas estão nas cabeças dos comentários populares nas páginas do El Pais, jornal espanhol. A crise das dívidas públicas e privadas saiu das manchetes, mas continua seu percurso larvar. Como observei em crônica de ano atrás ("A Europa é um Museu?: http://www.clubedotaro.com.br/site/forum/topico.asp?topico=43), os europeus ainda não conseguem reconhecer o que devem à civilização islâmica medieval nas ciências, artes, filosofia e conhecimento do passado grego, e muito menos admitem que o imperialismo, a partir de 1830, deu origem aos fundamentalismos e jihadistas.



CONTRADIÇÕES AMERICANAS – Bush e Obama exortaram os árabes à democracia, eram flatus vocis, pois continuaram a apoiar as ditaduras camaradas com verbas, empréstimos facilitados e uma profusão de armas. Quando o levante começou o governo não sabia o que fazer e levou um puxão de orelha público do governo israelense demandando proteção a Mubarak. Se fizesse isto a credibilidade do governo iria ao ralo, agora manobram desesperadamente para controlar as coisas. As forças armadas americanas continuam a ser um poder incontrastável, mas geopolítica não se faz só com elas: é preciso informação, alianças, um pouco de discernimento, mercadorias notoriamente em falta nos EUA.



As forças armadas continuam a ser um grande fator no déficit orçamentário, com mais de 700 bases no exterior e engajamento em duas guerras; mas cortes aí poderiam provocar um deus nos acuda; então cortam nos direitos trabalhistas (Wisconsin), na assistência às crianças e idosos, nos programas sociais, mais pobreza à vista. Obama reconheceu o declínio americano em educação e tecnologia num discurso recente, o que é exato, mas não reconheceu que a sociedade americana vive de crédito, do capital acumulado do passado (financeiro), das remessas de lucros de suas empresas no exterior, da liderança nas indústrias bélica, aeroespacial, informática e de entretenimento. Isto leva ao crescimento da desigualdade de renda, do desemprego e emprego informal, leva à divisão política profunda. Até agora a força da tradição ganha a luta com folga, os protestos foram escassos e inoperantes.



A tentativa de desvalorização do dólar, transferindo a conta ao exterior, é a grande batalha que ilustra mais uma vez a quadratura Plutão-Urano. Já por duas vezes, em 1971(quebra do vínculo ao ouro) e em 1985 (acordo de Plaza), o governo americano conseguiu passar a conta; agora é mais difícil com o euro e o yuan. Em dezembro fiz observações sobre as séries cômicas, agora Two and a half man está suspensa, o ator Charlie Sheen (foto ao lado) dá entrevistas cada vez mais loucas e seu sobrenome virou sinônimo de “estar pirado”. Isto seria uma simples nota de coluna social não fosse o fato de a série ter uma enorme audiência de uma plateia que tomava o personagem por ídolo. Como disse Freud: “os psicóticos amam seus delírios como a si mesmos”, sendo que o delírio desta vez é coletivo. Outro sintoma de desagregação no país. Obama fará uma rodada na América Latina, de olho nos preciosos recursos naturais da região, o futuro já chegou.



CHINA EM ALERTA – Um problema no tráfego do Golfo Pérsico criaria um grande problema para os chineses e demais asiáticos. Os chineses estão diversificando suas fontes de petróleo, mas no momento são insuficientes para cobrir um estancamento no Oriente Médio. Além disto, os levantes árabes suscitam curiosidade na população, levando o governo a bloquear o assunto na internet e os protestos públicos convocados até agora. Naturalmente a situação econômica dos chineses é bem diferente da dos árabes e o governo não dorme no ponto: no momento o controle da inflação e a assistência social aos rurais estão na ordem do dia. Os chineses estão numa posição de força e sorriem das reclamações cambiais dos políticos americanos, enquanto os empresários americanos continuarem a instalar indústrias na China, os consumidores continuarem a comprar seus produtos e o Tesouro aceitar vender bônus aos chineses, nada precisa ser feito. Um inverno muito seco estraga a colheita de trigo, mais lenha na fogueira dos preços internacionais dos cereais. No entanto, as indicações astrológicas são claras, a demanda por maior liberdade vai crescer, as cobranças externas por direitos humanos também. Urano também atingirá o Sol natal da China, por oposição, no ano que vem.



VACILOS NO BRASIL – Câmbio, inflação e dinheiro para a infraestrutura são os assuntos na mesa do governo, a política estando sob controle não se sabe até quando. Todas as medidas tomadas até agora (aumento do IOF, de compulsórios, compra de dólares, swaps reversos) não reverteram a valorização do real, afetando negativamente o Balanço de Pagamentos, algumas cadeias industriais, e as despesas enormes com o custo da engorda das reservas, que ultrapassaram 300 bi de dólares. Enquanto isto o aumento do emprego, renda popular e crédito começaram a pressionar a inflação somando-se agora aos alimentos, e o país ainda conserva muita indexação desnecessária, herança da época da inflação galopante. Os investimentos não acompanharam o ritmo do consumo e o BC está elevando os juros que atraem mais dinheiro estrangeiro, valorizando o real num círculo vicioso nefasto. Alguns dirigentes sabem perfeitamente que devem tomar medidas impopulares por dois anos, enquanto outros querem manter a popularidade do governo agora e arruinar o futuro, o que é um tiro no pé. Dois anos de arrumação nas contas e 8 anos de crescimento sustentável, se explicarem isto à população não haverá problema, o povo é sensato. As obras de infraestrutura, tanto as viárias como as esportivas, estão atrasadas, muito atrasadas. Não há o menor sentido em colocar o BNDES para financiar capital de giro, os bancos privados podem fazê-lo como sempre e deixar o banco estatal cuidar do que é prioritário. O ritmo da criação de infraestrutura para exploração do pré-sal também patina por conta da burocracia e gargalos em trabalho especializado. Em muitos anos o país tem uma chance real de dar um salto social, a sociedade brasileira será muito leniente se deixar isto nas mãos dos políticos e burocratas, as trapalhadas serão inevitáveis.



O Fundamentalismo Religioso

Na história das religiões ocorrem momentos de crise ou estagnação e alguns grupos aparecem para propor uma volta às origens, aos fundamentos. Um destes momentos ocorreu no início do século XX nas igrejas reformadas dos EUA; enquanto os católicos lutavam contra o modernismo dentro de sua Igreja, os rabinos europeus estavam divididos em relação ao sionismo, o movimento laico que promoveu a volta à Palestina. Um pouco adiante (1928) surgiu no Egito a Irmandade Mulçumana lutando contra a presença inglesa. Enquanto judeus e árabes debatiam-se com questões políticas e nacionais, os cristãos enfrentavam os tumultos de uma sociedade laica e de massas e em anos recentes também ocorreu uma politização com a formação de uma coalizão cristã nos EUA, com influência em governos republicanos. Na Índia, o partido Baratha prega uma volta aos valores védicos e até na China os escritos de Confúcio foram reabilitados.



A meu ver estes movimentos são defensivos e ineficazes, pois não compreendem onde está a raiz dos problemas e combatem apenas os sintomas: aborto, movimento gay, bioengenharia, drogadição, hedonismo, pós-modernismo, divórcio etc. Um exemplo para abreviar a exposição: em poucos anos veremos a eutanásia legalizada em vários lugares do mundo, não porque as pessoas queiram se livrar de seus idosos, mas porque os custos médicos e o tempo de cuidados familiares, nos casos de doenças longas, tornam a tarefa impossível. Ser pró-vida é fácil, difícil é oferecer às jovens gestantes condições para ter e manter os filhos. Falta aos fundamentalistas o conceito de sociedade e história social, não é possível viver de novo em sociedades desaparecidas há séculos ou milênios.



Dizeres na parede: "Judaismo e Sionismo são diametralmente opostos"

Poderosas tendências cosmológicas, psíquicas e econômicas moldaram o mundo moderno e não sairemos disto com discursos e escritos. Basta uma propaganda veiculada por alguns dias para destruir todo o trabalho intelectual de anos. A publicidade de massa é um fenômeno do final do século XIX, e ela está na raiz do brote fundamentalista atual. Desde o Renascimento os intelectuais cristãos estão na defensiva, reduzidos a uma leitura literal dos textos bíblicos ficaram chocados com a existência dos ameríndios, com a astronomia heliocêntrica, com os inícios da geologia, com as notícias enviadas pelos jesuítas da China, com o trabalho dos arqueólogos e paleontólogos, e finalmente com o darwinismo. Como se os textos sagrados fossem tratados de astrofísica, antropologia, história e ciências naturais! Tentando combater as “heresias”, descuidaram do essencial: a doutrina e a prática espiritual. E não atentaram também para algo fundamental: o conhecimento científico foi politizado, pois a Igreja defendeu o Antigo Regime incondicionalmente, para os liberais além de ignorantes eram reacionários.



Os espíritas, rosa-cruzes e teósofos tentaram aproximar doutrina espiritual e ciência de forma desastrosa, confusão que reverbera até hoje. Escreveram longamente sobre o egoísmo humano sem atinar que isto era elogiado em manuais de economia, incentivado pelo sistema escolar e estimulado pela nascente publicidade. Tomaram as hipóteses e conjecturas como conhecimento certo, chamaram cientistas para verificar os fenômenos psíquicos, numa posição totalmente subalterna deram aval e autoridade a quem não tem nada a dizer sobre a vida psíquica ou espiritual. Quem quiser se aprofundar no tema pode consultar minha tese “Tomando o céu de assalto”, na Biblioteca Digital deste site:

http://www.clubedotaro.com.br/site/arquivos/Rui_Tomando_o_Ceu.pdf%22



Nos últimos 30 anos, sob domínio do capital financeiro e do pós-modernismo, a situação é de exasperação total, os religiosos sucumbiram aos males que denunciavam: os cristãos se veem às voltas com pedofilia e homossexualidade; os reformados cristãos europeus viraram apêndices de governos há muito tempo e estão às voltas com escândalos financeiros; rabinos em Israel pregam limpeza étnica; imãs incentivam os jihadistas; budistas lutam por cargos na Coreia do Sul. Tudo isto é mais um sinal de que vivemos tempos apocalípticos.



E, no entanto, todas as tradições religiosas carregam tesouros acumulados durante séculos, tesouros que se exumados e compreendidos permitiriam uma autêntica vida espiritual. O mundo ocidental está inundado por literatura de autoajuda, completamente impotente para modificar o mínimo que seja. Sim, é preciso livrar-se do medo, ira, inveja, ciúme, ganância e outros sentimentos negativos, mas como fazer isto é que são elas. A esta altura já deveriam ter descoberto que a força de vontade não basta. E esse “como” existe em todas as tradições, está disponível em textos e em sacerdotes experientes. Os cultos e éticas religiosos são necessários, mas insuficientes. Se as religiões organizadas não conseguirem reavivar a vida espiritual, os seres humanos buscarão uma saída em tentativas e erros, pois a civilização industrial passará, mas a humanidade continuará: é o que está prometido nos textos de todas as grandes tradições.

Dedicatória


Esta crônica é dedicada à memória de Michel Tadashi, cidadão comum e ser humano notável pela grande paciência, disposição de ajuda e alegria. Todos os que o conheceram sentirão saudade, especialmente a garotada que ele entretinha e estimulava como ninguém. Alma (esposa) e Júlia (filha) sintonizam nestas raras características e continuarão seu legado. Agora deve estar brincando com os anjos, acompanhado de nossa gratidão.


http://www.clubedotaro.com.br/site/forum/topico.asp?topico=88

Feliz ano novo astrológico!

2011, com Áries em evidência, será um ano de ousadia e comunicação



por Clarissa De Franco


O ano astrológico se inicia com o ingresso do Sol em Áries, que corresponde com o início da primavera no hemisfério norte e do outono no hemisfério sul. Esse fenômeno é conhecido como equinócio, quando os dias e as noites têm a mesma duração.



Em 2011, no Brasil, o Sol entrará em Áries no dia 20 de março, às 20h21m. Quem nascer a partir desse horário pertencerá a esse signo, portanto. Mas, independente do signo de cada um, o ano novo astrológico de 2011 traz algumas importantes mensagens coletivas.

Júpiter, o grande benéfico da astrologia, estará em Áries, marcando 2011 como um ano que recompensa quem tem iniciativa e coragem. Da mesma forma, Urano, também no mesmo signo e em conjunção exata com o Sol no mapa do equinócio, anuncia que certamente o que for obsoleto, ultrapassado e não tiver mais utilidade, será reformulado.

Acerto de contas

O signo oposto a Áries, Libra, está sendo ativado pela Lua e Saturno, em conjunção. Eis um aspecto que envolve profunda maturidade, resistência e capacidade de lidar com situações adversas. O contato de Saturno com a Lua por vezes representa um endurecimento das emoções a fim de driblar as rejeições do mundo. Como esse aspecto encontra-se na casa 12, o setor do inconsciente, devemos todos estar atentos para não culpar a vida por ações e escolhas nossas. Ou seja, é preciso se responsabilizar e assumir as escolhas feitas e também as por fazer, para que o ano reaja da maneira como queremos. Não dá para fugir da luta diária e do óbvio: todos teremos que pagar nossas contas em algum momento. E é melhor não adiar isso.

A Lua Cheia no mapa de ingresso só confirma a intensidade desses processos. Aglomerados de pessoas em grandes eventos como festas, shows e passeatas tornarão nosso papel individual sintonizado com o todo.


Ingenuidade e romantismo

Outra conjunção significativa que marcará o cenário de 2011 envolve os planetas Vênus e Netuno em Aquário na entrada da casa 5. O idealismo desse aspecto nos fará acreditar em um poder quase adolescente de que tudo e todos podem viver em harmonia. Eis um aspecto que chama atenção pela ingenuidade e romantismo. E também pode indicar que o cinema, as novelas e toda a ficção terão um magnetismo bastante forte sobre os telespectadores, influenciando de modo direto suas vidas e suas escolhas.

Crescimento e estratégia

O ascendente em Escorpião, signo fixo de água, representa o crescimento através de marés agitadas. Esse ascendente nos faz ver o mundo por meio de uma lente estrategista, que está sempre procurando antever o próximo passo. O medo extremo de perder gera controle sobre tudo ao redor. Atenção com o sentimento de posse e com o desejo de vingança. Escorpião tem um poder enorme de realizar aquilo a que se propõe, de bom e de ruim.

Estudos e artes

Os regentes do ascendente, Marte e Plutão, estão em signos introvertidos (Peixes e Capricórnio), mas em casas sociais (5 e 3), indicando que a melhor vazão para esse ascendente são as artes, a escrita e a comunicação. Quem tem vontade de voltar a estudar ou praticar alguma atividade manual, é um bom ano para se atualizar.

O Meio de Céu, que representa as projeções de futuro e carreira, está em Câncer, lembrando a importância das associações em que nos sentimos "em casa". A confiança e o cuidado humano serão a base de projetos promissores.

Como a tônica do ano será ariana, de "quem sabe faz a hora e não espera acontecer", lembremos que a impulsividade pode guiar grande parte de nossas ações. E com um ascendente em Escorpião, diante de um erro por impulso, a tendência é a reação de uma defesa destrutiva. Procuremos usar os canais da arte e da comunicação para evitar isso.

Uma outra maneira de calcular o regente do ano

Além de analisar o mapa de ingresso do Sol em Áries, existe uma corrente dentro da astrologia que considera a estrela cabalística como um instrumento de cálculo do regente anual.

O tal "regente do ano" que aparece nos sites e revistas, é calculado através da divisão do ano vigente (2011) por sete (o número de planetas que havia na antiguidade, antes das recentes descobertas de Urano, Netuno e Plutão). O resto dessa divisão representará o planeta regente. Nesse caso, o resto é 2 que indica Mercúrio.

Mercúrio é o rei dos contatos, das relações comerciais, da comunicação entre as pessoas. Esse regente nos ajuda a construir pontes para nossos objetivos, a estabelecer relações profissionais e sociais, obtendo prazer na vida. Por meio da regência de Mercúrio podemos ampliar nossos conhecimentos, através de cursos, conversas, leituras, romances, parcerias... É um ótimo momento para estudar e manter atualizado o perfil nas redes sociais, pois manter-se conectado será sinal de manter-se vivo.

(...)



http://www.personare.com.br/revista/voce-e-o-futuro/materia/1333/feliz-ano-novo-astrologico

sábado, 19 de março de 2011

Reino Unido e EUA iniciam ataques na Líbia; costa líbia deve ser o próximo alvo, diz fonte militar

O primeiro-ministro britânico David Cameron confirmou, em um comunicado, que forças do Reino Unido também estão em ação na Líbia. “Foi necessário, legal e justo”, disse o premiê.



Segundo as redes americanas “CNN” e “Fox News”, um navio de guerra dos Estados Unidos, alocado no mar Mediterrâneo, lançou mísseis de cruzeiro contra alvos da Líbia. Ainda não há informações de feridos ou dos alvos atingidos.

A agência de notícias Reuters, citando uma fonte militar americana, disse que Estados Unidos, França, Canadá, Itália e Reino Unido estão preparando um novo ataque ao longo da costa da Líbia.

O ministro das Relações Exteriores francês, Alain Juppé, advertiu que a ação militar contra o regime de Muammar Gaddafi vai continuar "pelos próximos dias".



"As operações vão continuar nos próximos dias até que o regime líbio aceite" todas as exigências do texto adotado pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, assinalou Juppé em entrevista à rede de televisão "France 2".

Segundo o chanceler francês, o objetivo da operação militar lançada contra a Líbia é "ajudar o povo líbio a se libertar" de Gaddafi.

Neste sábado, aviões franceses destruíram quatro veículos militares das forças do ditador líbio Muammar Gaddafi em Benghazi, onde a França, em conjunto com outro países, iniciou uma intervenção para conter a onda de violência do ditador contra os rebeldes.

A ação dos caças franceses aconteceu poucas horas depois do anúncio oficial do início da intervenção, feito pelo presidente francês Nicolas Sarkozy.

Segundo o Ministério da Defesa francês, cerca de 20 aviões estavam envolvidos na intervenção anunciada hoje pelo presidente francês Nicolas Sarkozy, para cumprir a resolução do Conselho de Segurança da ONU, que autoriza o recurso à força militar contra o regime de Muamar Gaddafi.

A operação começou por volta das 11h (7h de Brasília) com a decolagem de quatro caças Rafale da base francesa de Saint Diziers. Às 15h (11h) se somaram outros aviões de combate Mirage com o objetivo de "atacar alvos militares" caso fosse constatado que as forças de Gaddafi atuavam contra a população civil.

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/internacional/2011/03/19/reino-unido-e-eua-iniciam-ataques-na-libia-costa-libia-deve-ser-o-proximo-alvo-diz-fonte-militar.jhtm

Google, a bomba-relógio da privacidade


Apocalíptico? Visionário? Radical? Realista? Especialista em segurança, o pesquisador americano Greg Conti acha que quem usa os serviços do Google corre enorme perigo.



Professor da Academia Militar dos Estados Unidos e autor do livro Googling Security, ele acredita que cedo ou tarde haverá um grande vazamento dos dados armazenados na nuvem pelo Google ou por outras empresas. Entrevistei o estudioso para a matéria de capa da INFO deste mês, sobre as crescentes falhas nos serviços e produtos da empresa de Mountain View.

Seu ponto de vista é capaz de levantar mais polêmica do que os meus posts. Confira, abaixo, por que ele acha que a bomba-relógio está prestes a explodir. Será que ele está certo? Ah! E não deixe de conferir a reportagem completa sobre o Google na INFO deste mês.

O cookie do Google é perigoso?

Não acredito que ele seja, em si, uma ameaça. Os cookies são usados de modo seguro em muitos sites. Pesquisadores acreditam, contudo, que o cookie do Google contenha um número único de rastreamento capaz de identificar o internauta em múltiplas visitas, o que permitiria à empresa criar um perfil detalhado de seus usuários. Os cookies do Google são automaticamente deletados do navegador depois de dois anos, mas essa medida não protege muito a privacidade: a data de expiração é estendida automaticamente a cada visita. Logo, um usuário teria que evitar os sites da empresa por dois anos para o arquivo ser eliminado, o que é improvável.

Que dados o Google armazena sobre nós?

É bem difícil saber quanta informação o Google retém sobre nós, uma vez que isso não é publicado pela empresa. Talvez um meio mais prático de analisar esse assunto seja considerar que informações “revelamos” ao Google por meio de cada ferramenta e serviço gratuito, como busca, e-mail, mapas, notícias e vídeo. Nós compartilhamos uma imensa quantidade de dados, especialmente ao longo de meses e anos.

Esses dados ficam armazenados em local seguro?

“Seguro” é um termo relativo. Pilhas estocadas de dados sobre usuários são bens extremamente valiosos, e as empresas da web se esforçam muito para protegê-los. Dito isso, a mera existência dos dados é o problema. Acidentes acontecem e as informações vazam. Até o mais confiável dos funcionários pode abusar de sua posição. Tribunais, governos, criminosos, empresas concorrentes e investigadores ou agentes legais cobiçam essas informações, e vão tentar consegui-las por meios legais ou, às vezes, ilegais.

Você acredita que o Google é uma bomba-relógio de privacidade?Toda empresa que coleta e retém dados de usuários é uma bomba-relógio de privacidade. Nós revelamos informações extremamente delicadas para muitas companhias online diariamente. Novas ferramentas e serviços fantásticos nos estimulam a revelar ainda mais. Esses dados dão enorme poder a quem os possui. Se a História nos ensinou alguma coisa, é que todo poder sofrerá abuso, cedo ou tarde.

É possível que, algum dia, um cracker entre nos servidores do Google e roube informações de usuários?


Como um pragmático pesquisador da área de segurança, tenho que acreditar que qualquer sistema de computadores pode ser atacado com sucesso quando confrontado com um adversário bem equipado e determinado. Mas pode ter certeza de que o Google está trabalhando duro para prevenir uma invasão bem-sucedida dos seus servidores. É importante notar que os ataques de crackers são apenas um tipo de ameaça. Forçar o Google a dar informações por meio de tribunais é um cenário mais provável.

Recentemente tem havido falhas em serviços como Gmail e Google Docs. Por que estão ocorrendo?


O Gmail e o Google Docs são sistemas inovadores e complexos. É muito difícil, senão impossível, criar sistemas perfeitamente seguros, e essas falhas mostram isso. Atualmente, há uma grande guinada rumo à computação em nuvem, o uso de ferramentas e serviços online para realizar tarefas de computação. Em outras palavras, o usuário fornece seus dados, e a empresa fornece o serviço. Cedo ou tarde, veremos um grande vazamento de informações ligado à computação em nuvem.

Você usa os serviços e produtos do Google?

Em relação à usabilidade, os serviços e produtos do Google são incríveis. Mas sob a perspectiva de informações reveladas e retenção de dados, tenho grande preocupação. Pessoalmente, evito muitos dos serviços e produtos deles e prefiro o Yahoo!. Eles recentemente instituíram uma política que prevê que os logs sejam deletados após três meses. Estou tentando apoiar essa iniciativa. Uso o Google para fazer buscas quando não consigo bons resultados no Yahoo!.

Podemos confiar no Google?

O Google opera segundo seus próprios interesses. Isso inclui vender anúncios direcionados, fornecer divertidas e poderosas ferramentas online e defender o que desejam os seus acionistas. A segurança dos dados dos usuários é parte importante do sucesso da empresa, então acho que eles se dedicarão ao máximo para proteger as informações e a própria reputação. Contudo, as companhias mudam com o tempo. Pergunte a si mesmo: o que a maioria das empresas faria se pudesse aumentar o lucro comprometendo um pouco da privacidade do usuário, especialmente em tempos de economia em crise? Teremos que esperar e ver o que o Google decidirá.

http://www.blogger.com/goog_1900830851



sexta-feira, 18 de março de 2011

A primeira máquina do tempo no mundo poderia ser o LHC

Proponentes de uma forma de viagem no tempo
                                                   COLISOR DE HÁDRONS  LHC

O Large Hadron Collider [Grande Colisor de Hádrons, LHC], além de ser o maior experimento científico do mundo, pode se tornar também a primeira máquina capaz de fazer a matéria viajar de volta no tempo. Isto se Tomas J. Weiler e Chui Man Ho estiverem corretos. Os dois físicos da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, acabam de propor a idéia em um artigo ainda não aceito para publicação, enviado para o repositório arXiv: http://arxiv.org/abs/1103.1373 . "Nossa teoria é um tiro de longa distância", admitiu Weiler. "Mas ela não viola nenhuma lei da física e nem qualquer restrição experimental."



Um dos maiores objetivos do LHC é encontrar o bóson de Higgs, uma partícula hipotética da qual os físicos lançam mão para explicar porque partículas como os prótons, nêutrons e elétrons possuem massa. Se o LHC realmente conseguir produzir essa que é chamada a "partícula de Deus", alguns físicos acreditam que ele irá criar também uma segunda partícula, o singleto de Higgs.



Segundo a proposta de Weiler e Ho, esses singletos teriam a capacidade de saltar para uma quinta dimensão, onde eles poderiam se mover para frente e para trás no tempo, retornando depois para nossa dimensão, mas reaparecendo no futuro ou no passado. "Uma das coisas mais atrativas dessa abordagem da viagem no tempo é que ela evita todos os grandes paradoxos", disse Weiler.



Na verdade, a abordagem evita os passageiros mais problemáticos na viagem. Como somente partículas com características tão especiais poderiam viajar no tempo, ninguém poderia retornar ao passado e matar algum antecessor, eliminando a possibilidade da própria existência. "Entretanto, se os cientistas puderem controlar a produção dos singletos de Higgs, eles poderão enviar mensagens para o passado ou para o futuro", propõe Weiler.



Testar a teoria, segundo os físicos, será fácil: bastará observar se o LHC produz os singletos de Higgs e se os produtos do seu decaimento começam a surgir espontaneamente. Neste caso, garantem eles, isso indicará que esses produtos estão sendo gerados por partículas que viajaram de volta no tempo para reaparecer antes da ocorrência das colisões que as originaram. Enfim, máquinas do tempo do futuro poderiam ser detectadas hoje.



A proposta é baseada na Teoria-M, que tem a pretensão de ser uma "teoria de tudo". A Teoria-M requer a existência de 10 ou 11 dimensões, em vez das quatro que nos são familiares (as três espaciais mais o tempo). Isso levou à sugestão de que nosso universo pode ser uma membrana - ou "brana" - quadridimensional flutuando em um espaço-tempo multidimensional, chamado de "O Todo" [Bulk].



Viajar mais rápido do que a luz



Segundo essa visão de mundo, os blocos fundamentais do nosso universo estão permanentemente presos à sua brana, o que os impede de viajar para outras dimensões. Porém, pode haver exceções - a gravidade, por exemplo, seria uma força tão fraca porque ela se difunde por outras dimensões. Outra possível exceção seria o singleto de Higgs, que responde à gravidade, mas a nenhuma das outras forças básicas...

Leia texto completo no Portal da Ufologia Brasileira, link:
http://www.blogger.com/goog_36004040


Por Paulo R. Poian

O BICHO ESTÁ PEGANDO...

Diplomata francês diz que Líbia pode ser atacada neste sábado


O embaixador da França na ONU, Gerard Araud, disse, nesta sexta-feira em entrevista à BBC, que espera uma intervenção militar na Líbia horas depois de uma reunião diplomática em Paris, neste sábado.



"Amanhã teremos uma reunião em Paris com todos os principais participantes da operação, para um esforço diplomático. Então acho que seria um bom momento para mandar um último sinal", afirmou ao programa Newsnight.



"Isso significa que os Estados Unidos, o Reino Unido e a França mandam um ultimato em relação ao cessar-fogo. Nós apresentamos as condições. Então, eu acho que depois da reunião, nas horas subsequentes, nós lançaremos a intervenção miliar", disparou.



A secretária de Estado americana Hillary Clinton e o primeiro-ministro britânico David Cameron devem discutir os próximos passos na Líbia com o presidente francês Nicolas Sarkozy e líderes árabes, em Paris, neste sábado.


Araud disse que é importante ter países árabes envolvidos porque "temos preocupações sobre a imagem da Otan no mundo árabe".

Ele disse que os Emirados Árabes Unidos e o Qatar disseram aos franceses e britânicos que enviariam aviões e pilotos à missão. "Esta não é uma operação do ocidente. É a comunidade internacional fazendo uma intervenção à pedido da Liga Árabe", lembrou o diplomata.

Quando perguntado se seria uma operação da Otan comandada por um militar norte-americano, Araud disse que "a decisão política ainda não foi tomada na Otan. Pode ser decidida nos próximos dias, mas ainda não sabemos se alguns países irão aceitá-la."

Em entrevista à CNN, a embaixadora americana na ONU, Susan Rice, afirmou que as forças do coronel Muammar Gaddafi violam o cessar-fogo previsto na resolução do Conselho de Segurança sobre a Líbia.

"Sim, ele a violou", afirmou Rice ao ser perguntada a respeito da resolução 1973 das Nações Unidas adotada na quinta-feira.

"A resolução 1973 exige um cessar-fogo imediato e o fim de todas as operações ofensivas. Ela também proíbe todos os voos sobre a Líbia", destacou Rice.

Em caso de violação desta resolução, os Conselho de Segurança autorizou o emprego "de todas as medidas necessárias" para proteger os civis, incluindo o uso da força.

Rice lembrou que "o presidente (Barack Obama) impôs um ultimato esta tarde, com efeito imediato, para que Gaddagi decrete um cessar-fogo".

Obama destacou nesta quarta-feira que Gaddafi foi "amplamente alertado" antes de a comunidade internacional escolher usar a força contra ele para "interromper sua campanha de repressão".

"Se Gaddafi não obedecer a resolução (da ONU), a comunidade internacional imporá consequências. A resolução será reforçada com ações militares", advertiu o presidente americano.


http://www.blogger.com/goog_1554144172

Quem dá as cartas?

Jogo de cartas/RPG — criado entre 1990/1995

Abaixo seguirá um texto sobre os atuais acontecimentos e a correspondência com as cartas do jogo.

Algumas cartadas já rolaram, por acaso?

Por exemplo  :

Qualquer semelhança com o que está ocorrendo em alguns países da África e O.M. é mera coincidência.

O JOGO DE CARTAS

cartas do fim do mundo




Shima explodiu neste sábado e provocou vazamento de material radioativo, segundo informações confirmadas pelo governo japonês. O nível de radiação aumentara de forma alarmante na região após o devastador terremoto que sacudiu o Japão na sexta-feira.


Segundo a imprensa japonesa, a explosão aconteceu às 15h36 da hora local (3h36 de Brasília), aparentemente quando uma equipe tentava esfriar um reator nuclear da usina número 1. A rede de televisão NHK mostrou imagens da explosão da usina, que gerou uma nuvem de pó e derrubou parte do teto das instalações.



Acidente Nuclear - A parte inferior da carta diz: “Desastre! Este é um ataque instantâneo para Destruir Qualquer Localidade… Seu poder é 14 contra uma Localidade Grande e 18 contra qualquer outra Localidade… As Companhias de Energia perdem suas fichas de ação quando essa carta é usada em qualquer Localidade.”



Há quem acredita que o vazamento de petróleo no Golfo do México seria mais uma plano da agenda Illuminati e que já estaria previsto no jogo de RPG, que também prevê outros acontecimentos que por fim foram concretizados.



Em 1990, Steve Jackson, inventor de RPGs, estava planejando seu mais novo jogo, que chamaria de “Illuminati: A Nova Ordem Mundial”, ou “INWO”, da abreviação em inglês. Jackson estava criando um jogo que iria reproduzir muito de perto o verdadeiro plano dos Illuminati de encaminhar o mundo para a Nova Ordem Mundial.

“Na manhã do dia primeiro de março, [1990] sem aviso prévio, uma força dos agentes do Serviço Secreto — acompanhados pela polícia de Austin e por pelo menos um ‘perito’ civil da companhia telefônica — ocuparam os escritórios da Steve Jackson Games e começaram a examinar os computadores. A residência… do autor de GURPS Cyberpunk, também foi invadida. Muitos equipamentos foram apreendidos, incluindo quatro computadores, duas impressoras a laser, alguns disquetes soltos e considerável quantidade de hardware de computador. Um dos computadores era o que armazenava e rodava o Illuminati BBS.”

A empresa, S. J. Games, foi à Justiça e ganhou a ação, mas quase quebrou financeiramente. A investigação se concentrou em uma fraude supostamente cometida pela empresa por causa das atividades de hackers (invasores de sistemas de informática) e o fato de que a empresa promovia um boletim informativo destinado a hackers, intitulado “Prack”. Entretanto, tudo isso é tão fraco que não faz o menor sentido; de fato, a acusação fazia tão pouco sentido que o juiz concedeu à firma Steve Jackson Games 50 mil dólares de indenização, mais 250 mil dólares de honorários advocatícios. Isso é muito dinheiro do contribuinte para pagar por um caso estúpido e sem sentido algum!



No entanto, isso enfatiza o fato que o governo iluminista dos EUA, e o Serviço Secreto, chefiado na época por George Bush (pai) estava preocupado com alguma coisa que a S. J. Games estava prestes a fazer, e formulou um motivo para invadir os escritórios da empresa e apreender seus equipamentos. Depois que você analisar este material, acreditará, assim como nós, que a verdadeira razão por que o Serviço Secreto invadiu a S. J. Games foi para tirá-los de circulação, de modo que não lançassem o jogo “A Nova Ordem Mundial dos Illuminati” (INWO), já que revelava muito do plano que ainda estava onze anos adiante no tempo. Seja você o juiz.

Esse jogo estava nos estágios iniciais em 1990 e foi finalmente lançado em 1995, tornando-se um campeão de vendas. O “INWO” ganhou o prêmio Origins Awards de 1995 com o melhor jogo de cartas.



Fonte: Espada.eti.br

EVENTOS QUE COINCIDIRAM COM ALGUMAS CARTAS

-Mais de 25 terremotos significativos em vários continentes, inclusive no NE do Brasil.




-Enchentes, furacões, extremidades nas temperaturas mundiais
-Gripe suína e vacinação em massa.







-H1N1 e pandemia.



-Projeto HAARP


-Desastre ambiental no Golfo do México


 



-Acidente nuclear
 


-11 de setembro



-Crise econômica na Europa.




-Crise econômica nos EUA.


Muito estranho tudo isso...

Júnia Caetano

SÓ NÃO VALE ROLAR ESSA CARTA...RS.

Megasuperpopstar Perigeu da Lua Cheia

A Lua cheia deste 18 de março terá algo de especial. Ela se parecerá bem maior que o de costume e apesar de não ser possível ver a marca da bota de Neil Armstrong deixada lá em 1969, o espetáculo é único e vale a pena dar uma olhada. O motivo de aparentar ser maior neste sábado (e domingo também) não é nenhuma ilusão de ótica, isso vai acontecer por que nosso satélite estará pelo menos 50 mil km mais perto de nós.




Isso ocorre porque a Lua não gira ao redor da Terra em um círculo perfeito e sim em uma elipse achatada. Isso faz com que o astro ora fique mais perto, ora mais longe da Terra. No sábado ela estará no ponto mais próximo, chamado perigeu, resultando em um disco 14% maior e 30% mais brilhante do que se estivesse no apogeu, o ponto mais distante da órbita. Quando isso acontecer a Lua estará a exatos 356.577 km de distância da Terra.



Além da aproximação da Lua, uma interessante coincidência também marcará o evento. Cerca de uma hora depois de atingir o perigeu, entrará na fase cheia, simultaneidade que ocorre uma vez a cada 18 anos.




Marés - Durante o período de maior aproximação são observadas as conhecidas marés de perigeu, quando sua atração gravitacional "puxa" as águas do oceano alguns centímetros a mais que o normal. Dependendo da geografia local esse efeito pode produzir elevações oceânicas que em alguns casos chegam a 15 centímetros, provocando algumas instabilidades. No entanto, nada disso causará transtornos, portanto não é preciso ficar preocupado e sair correndo.



Observação - O melhor momento para ver a grande Lua será quando ela estiver nascendo próxima do horizonte, onde um intrincado mecanismo ligado ao cérebro humano a fará parecer maior ainda. Esse fenômeno ainda não foi totalmente explicado pela ciência, mas acredita-se que esteja relacionado à forma como nosso cérebro compara os objetos no horizonte e na abóbada celeste.



Em São Paulo, a Lua cheia nascerá às 18h25, próxima ao leste no azimute de 96º. Para saber quando nosso satélite surgirá no horizonte de sua cidade, clique aqui: http://www.apolo11.com/efemerides.php . Se você tiver um binóculo, mesmo que pequeno, será uma boa oportunidade de explorar um pouco mais. Para isso, um mapa da Lua que vai ajudar bastante nessa tarefa, basta clicar aqui: http://www.apolo11.com/mapa_da_lua.php .

Portal da Ufologia Brasileira, link: http://www.ufo.com.br/noticias/maior-lua-cheia-dos-ultimos-18-anos-estara-visivel-amanha

Paulo R. Poian.

Coordenação Portal da Ufologia Brasileira www.ufo.com.br

Consultor da Revista UFO Brasil www.ufo.com.br

quinta-feira, 17 de março de 2011

Rita Lee - Atlantida (gravação original)

Atlântida!

Reino perdido


De ouro e prata

Misteriosa cidade...



Atlântida!

Terra prometida

Dos semideuses

Das sereias douradas...



Eu sou o pescador

Que parte toda manhã

Em busca do tesouro

Perdido no fundo do mar...



Desde o Oiapoque

Até Nova York se sabe

Que o mundo é dos que sonham

Que toda lenda é pura verdade...



Chuá! Chuá! Chuá! Chuá!

Chuá! Chuá! Chuá! Chuá!

Chuá! Chuá! Chuá! Chuá!..

RITA LEE

Cientistas dizem ter encontrado Atlântida


14/03/2011 19h24 - Atualizado em 15/03/2011 12h19


Cientistas dizem ter encontrado a cidade perdida de Atlântida


Ruínas foram localizadas no sul da Espanha por geólogos e arqueólogos.

Cidade teria sido varrida por tsunami há milhares de anos.


Uma equipe de pesquisadores norte-americanos acredita ter encontrado a cidade perdida de Atlântida. Eles acreditam que a lendária metrópole se localize no sul da Espanha e tenha sido varrida por um tsunami há milhares de anos.

Os arqueólogos e geólogos chegaram à conclusão de que ela fica nos pântanos do Parque Nacional Doñana, a norte de Cádiz. Durante 2009 e 2010, eles utilizaram radares subterrâneos, mapeamento digital e tecnologia subaquática para rastrear o local.


“É muito difícil imaginar que um tsunami consiga entrar 100 km terra adentro, mas é exatamente disso que estamos falando”, afirmou Richard Freund, pesquisador da Universidade de Hartford, à Reuters.


A hipótese é de que os sobreviventes teriam fugido para o interior e construído novas cidades. No centro da Espanha, Freund descobriu uma série de “cidades memoriais”, feitas pelos refugiados à imagem de Atlântida, o que deu mais evidências e confiança aos pesquisadores. Eles pretendem prosseguir as escavações e os estudos na região.


“Encontramos algo que ninguém nunca tinha visto antes, o que dá um reforço de credibilidade, especialmente para a arqueologia, pois faz muito mais sentido”, acrescentou Freund. Ele lembrou ainda que há relatos de tsunamis na região por séculos, sendo o maior registrado o que atingiu Lisboa em 1755.



http://www.blogger.com/goog_963534655

Parte do Japão pode ficar inabitável por 300anos


Na avaliação de Edmund Lengfelder, do Instituto Otto Hug de Munique, que estuda os efeitos de Chernobyl há mais de 20 anos, o pior cenário da tragédia nuclear japonesa, a fusão do núcleo dos três reatores, já ocorreu ou está ocorrendo.

Ele acha que a situação está descontrolada e deu grau sete para o acidente nuclear.

Considera que a densidade demográfica no Japão, 20 vezes maior do que a da região de Chernobyl, tornará esse acidente mais grave do que aquele ocorrido há vinte e cinco anos; os reatores japoneses "têm muito mais material radioativo e o mantêm por mais tempo que o de Chernobyl".

Ele vê perigo em "todos os países com usinas nucleares, inclusive o Brasil", acha curto o raio de distância de 30 quilômetros, para a retirada da população e diz que "a região ficará inabitável por até 300 anos".


.

Leia a entrevista em:



quarta-feira, 16 de março de 2011

TERREMOTO: AGORA NO CHILE


Terremoto abala prédios em Santiago do Chile



Tremor de magnitude 5,3 com epicentro em Valparaiso foi sentido na capital.



Ainda não havia informações sobre vítimas ou danos.



Um terremoto de magnitude 5,3 abalou prédios em Santiago do Chile na noite desta quarta-feira (16), segundo testemunhas.



O tremor ocorreu às 19h36 locais (mesmo horário de Brasília), segundo o Serviço Geológico dos EUA.



O epicentro localizou-se no continente, a 72 km da cidade portuária de Valparaiso e a 135 km da capital, e a uma profundidade de 24,7 km.



Ainda não havia registro sobre vítimas ou danos, segundo a imprensa local.



Fonte: G1

ÁGUA NO REATOR

A empresa Tokyo Electric Power (Tepco) --que opera o complexo nuclear de Fukushima (Japão), atingido pelo recente terremoto de magnitude 9 seguido de tsunami da sexta-feira (11)-- lança jatos d'água de helicópteros para tentar resfriar os reatores 3 e 4 da usina.


Agência confirma danos nos núcleos de três reatores

Entenda a situação na usina nuclear de Fukushima, no Japão

De acordo com a TV estatal NHK, um helicóptero da Marinha japonesa despejou um grande volume de água sobre um dos reatores da central nuclear, e a operação será repetida por outros aparelhos.

A companhia diz estar preocupada com a piscina de resfriamento de combustível, que estaria superaquecida.


http://www.blogger.com/goog_1649154164

Acidente nuclear no Japão é nível 6 (seis) em escala até 7 (sete), diz agência da França


A Autoridade de Segurança Nuclear da França (ASN) anunciou nesta terça-feira que o acidente nuclear da usina de Daiichi, da Tokyo Electric Power Co., em Fukushima, agora pode ser classificado como nível seis, em uma escala internacional que vai até sete. Na segunda-feira, a ASN havia considerado o acidente na usina, localizada 240 quilômetros a norte de Tóquio, como sendo de nível cinco ou seis.

O nível sete foi usado apenas uma vez, para o desastre de Chernobyl, na Ucrânia, em 1986. O acidente de 1979 na usina nuclear da ilha Three Mile, nos Estados Unidos foi classificado como sendo de nível cinco.


- Agora estamos em uma situação diferente de ontem. Está muito claro que estamos agora em um nível seis, que é um nível intermediário entre o que aconteceu na ilha Three Mile e Chernobil - disse o presidente da ASN, Andre-Claude Lacoste, em entrevista coletiva em Paris. - Estamos claramente em uma catástrofe - disse Lacoste, citando a deterioração da estrutura de contenção do reator 2 como um dos principais elementos que sustentam a avaliação pessimista da ASN.

Fonte: Extra

QUARTA-FEIRA, 16 DE MARÇO DE 2011

terça-feira, 15 de março de 2011

Dois planetas e uma órbita em comum pode comprovar teoria da Lua


Por Paulo R. Poian.





Descobertas ímpares seriam deixadas em segundo plano nas suas divulgações



Pensa-se que a Lua se formou, no início da formação terrestre, quando um planeta do tamanho de Marte colidiu com a Terra. Crédito: Astropt

Algumas pesquisas são divulgadas com alarde excessivo, enquanto outras parecem pecar pela modéstia. Uma bactéria vivendo à base de arsênio e um computador do tamanho da ponta de uma agulha são exemplos claros do primeiro caso, apenas para ficar nos mais recentes, mas agora parece estarmos frente a frente com o caso oposto - muito mais bem-vindo.



A primeira divulgação dos dados científicos do Telescópio Espacial Kepler privilegiou o anúncio de um sistema planetário com seis planetas. Na ocasião, deu-se menos importância para o fato de que os dados revelavam nada menos do que 54 planetas na zona habitável, com potencial para abrigar formas de vida mais parecidas com a nossa e deve haver muitas outras preciosidades mais ao fundo do baú de descobertas impressionantes que o Kepler fez apenas em sua primeira campanha.



O exemplo mais recente chama-se KOI-730 - onde KOI é uma sigla para Kepler Object of Interest, um objeto celeste interessante flagrado pelo telescópio e o fato de este ser o número 730 parece ser mais uma indicação de que ainda há muitas coisas a serem reveladas.



Origem da Lua



O importante é que o KOI-730 parece ter dois planetas na mesma órbita, algo completamente inesperado. Se esta descoberta for confirmada por futuras observações mais detalhadas, ela poderá dar sustentação a uma teoria sobre a origem da nossa Lua. Acredita-se que os planetas se formem pela coalescência de um disco de poeira cósmica que resta ao redor de uma estrela recém-formada.



A teoria não coloca qualquer empecilho a que se formem dois planetas na mesma órbita. Isto pode ser possível graças aos chamados Pontos de Lagrange - o próprio Telescópio Kepler está em um destes. Quando um corpo celeste orbita outro maior - como um planeta ao redor de uma estrela - há dois Pontos de Lagrange ao longo da órbita do planeta, onde um outro corpo pode orbitar a estrela de forma estável.



Esses dois pontos ficam localizados 60º à frente e 60º atrás do planeta. Exatamente o que os dados indicam para o KOI-730, um sistema com quatro planetas, dois dos quais orbitam a estrela a cada 9,8 dias, um exatamente 60º à frente do outro.



Além do ineditismo, a descoberta pode dar sustentação à teoria que tenta explicar o nascimento da Lua. Segundo essa teoria, a Terra teria compartilhado a órbita...

Leia artigo completo e assista animação sobre a formação da Lua, link:

http://www.blogger.com/goog_1470281759

Paulo R. Poian.

Coordenação Portal da Ufologia Brasileira www.ufo.com.br

Consultor da Revista UFO Brasil www.ufo.com.br

Blog: http://www.ufo.com.br/blog/paulopoian